Por Cris Marques
Fotos: Banco de imagens e Rafael Almeida

Na busca por autoconhecimento, equilíbrio emocional, cura de enfermidades, mudanças, superação ou uma melhora na vida pessoal ou profissional, lançar mão de técnicas que aliem mente e corpo e busquem reequilíbrio entre eles é essencial.

Priscila e Andréa

De volta ao natural

De acordo com Priscila Silvestrelli, doutora em acupuntura, pós-graduada em homeopatia e naturóloga, acupunturista e homeopata no Espaço Althernativa – Equilíbrio e Bem-estar, empresa desde 2012 na cidade, a naturologia é a ciência que estuda, dentro das terapias naturais, métodos modernos e tradicionais de cuidado, manutenção e recuperação da saúde, na tentativa de promover o bem-estar, a qualidade de vida e equilíbrio entre o ser humano e o meio em que vive. “Ela engloba diversas coisas, como fitoterapia, aromaterapia, arte integrativa, hidroterapia, cromoterapia, auriculoterapia, massoterapia, meditação, iridologia e outros e é indicada para qualquer tipo de mal-estar, doença ou sofrimento”.
Por utilizar ferramentas terapêuticas sutis, que trabalham não só os sintomas, mas suas causas, o tratamento pode trazer muitos benefícios. “Ele permite uma sintonia entre os corpos mental, emocional, etérico e físico; desta forma, o naturólogo é capaz de detectar em qual deles se originou a doença, e, assim, trabalhar de maneira não invasiva e natural, para que o indivíduo aumente sua imunidade e qualidade de vida, contribuindo para um processo de cura fluido, não só no plano físico, mas em todos os níveis”.

Para ficar zen

Andréa Ferraz de Campos, naturóloga, especialista em medicina tradicional chinesa e acupuntura, também atua em diversas frentes no Espaço Althernativa, inclusive ministrando sessões de meditação, que podem ser individuais ou em grupo. “Meditar é chegar ao mais simples de tudo, o não pensar, não elaborar, não estar, apenas ser. Por esse motivo, torna-se difícil que as pessoas compreendam o processo, pois o ser humano quer uma explicação para tudo”, explica.
Para ela, esse exercício espiritual é altamente indicado para pessoas que têm alto nível de estresse, ansiedade, sobrecarga física ou emocional, além de crianças, acima de 5 anos. “A meditação é o melhor ansiolítico que existe e isso já foi comprovado por vários estudos; ela ajuda em vários sistemas do nosso corpo, fazendo com que tenhamos mais tranquilidade, clareza mental e melhora no raciocínio, foco e concentração. Isso sem contar que aguça a memória e a criatividade, melhora a homeostase, fazendo com que tenhamos mais energia e tranquilidade para resolver problemas de qualquer ordem, e ainda facilita o sono. Enfim, permite que vejamos a realidade como ela é, contribuindo para o resgate do eu”.

Bem-estar infantil

Quando o assunto é qualidade de vida e bem-estar, os pequenos também têm vez. É o caso da shantala, uma massagem aplicada em bebês, a partir de 1 mês, até crianças, por volta dos 10 anos. Fundadora do Espaço Ki, clínica e escola que atua com terapias complementares há 24 anos, ao lado do professor e terapeuta Davi Palma, Beatriz Azevedo (foto), neuropsicóloga, psicóloga especializada em psicossomática, ludoterapia (atendimento infantil) e técnicas de relaxamento e professora do curso de formação em massoterapia, conta que não existem registros exatos sobre o surgimento da técnica, mas ela foi descoberta pelo médico francês Frédérick Leboyer, em uma viagem ao Sul da Índia e, tradicionalmente, era passada de mãe para filha. “A shantala, com seus movimentos leves, harmônicos e delicados, pode melhorar o vínculo dos pais com o filho, além de aliviar cólicas, melhorar o sistema imunológico e a qualidade do sono, auxiliar no desenvolvimento e devolver equilíbrio ao menor, principalmente aos mais agitados e seus responsáveis, que se sentem mais seguros e tranquilos. Normalmente, na sessão, o tutor fica junto, para que aprenda e possa dar continuidade em casa”, afirma a profissional, que garante que a aplicação também pode ser feita por cuidadores, professoras de maternal e avós.

Energia que cura

Sem efeitos colaterais ou contraindicações e reconhecido pela OMS (Organização Mundial da Saúde) como prática terapêutica complementar, o reiki é outro tratamento alternativo bastante procurado por seus resultados, que trazem equilíbrio e serenidade. Na língua japonesa, Rei significa universo e Ki, energia vital; logo, o conjunto remete à energia do Universo, presente em todos os seres vivos. “Nas sessões, que duram em média de 50 a 60 minutos, o paciente fica, geralmente, deitado sobre uma maca e o terapeuta permanece próximo a ele, impondo suas mãos em posições específicas, em várias partes do corpo, funcionando como um canal de passagem de fluxo vital. Essa terapia energética natural atua em todos os níveis do ser, físico, mental, emocional e energético, e entre seus efeitos, resgata a alegria, a autoconfiança e a coragem, clareia a mente e as emoções e auxilia também no tratamento de males físicos, como problemas no fígado, falta de apetite, compulsividade e problemas respiratórios”, detalha Clelma Cristina Silva (foto), mestre em reiki tradicional e xamânico e terapeuta holística e floral, que também atua no Espaço Ki.

Equilíbrio por meio dos pés

Receber uma massagem nos pés pode ser algo muito prazeroso e, por meio da reflexologia, até mesmo curar questões emocionais, traumas e problemas de saúde. De acordo com Davi Palma (foto), professor, terapeuta e um dos proprietários do Espaço Ki, essa é a ciência que utiliza o estímulo das áreas que agem em função do nosso sistema nervoso, chamadas de zonas reflexas do corpo, para ajudar a combater problemas físicos e emocionais. “Nossos pés funcionam como um mapa e quando algo não vai bem ou algum órgão está debilitado, a sua terminação podal correspondente entra numa espécie de curto circuito. Quando realizamos a técnica, dissolvemos o coágulo sanguíneo formado ali, para que a comunicação nervosa volte ao normal”. Para o tratamento, primeiro é feito um reflexodiagnóstico, onde, por meio da pressão nos pontos e observação do órgão, é possível avaliar quais os problemas que a pessoa tem. “Os efeitos que temos no corpo são bem simples de entender: cada ponto trabalhado corresponde ao seu órgão. Já nas questões emocionais, buscamos informações na medicina chinesa e nas questões psicossomáticas. Assim, o ponto relacionado aos rins e bexiga reflete os nossos medos e estômago e pâncreas, as nossas preocupações e ansiedades”.

A prática da acupuntura

Para Adriana Pegoraro, acupunturista, quriropraxista e instrutora de Pilates, no Espaço Holístico Mister Merlin, que atua há 20 anos com terapias que ajudam o desenvolvimento do ser humano, a acupuntura visa a tratar o indivíduo como um todo, analisando todos os fatores: físicos e emocionais. “Por ter uma linguagem específica, a técnica ficou por muito tempo restrita ao Oriente. Porém, sua eficácia levou a OMS (Organização Mundial de Saúde) a listar enfermidades que podem ser tratadas com ela e, recentemente, ela também foi reconhecida e utilizada na área da saúde”. Ela pontua que a modalidade terapêutica é eficiente não só quando se está doente, mas também de forma preventiva “A acupuntura traz benefícios em todos os sentidos. O importante é que a pessoa abra sua mente e deixe o processo acontecer. Também pode ser utilizada concomitantemente com outro tratamento, o que acelera o processo de reequilíbrio. Além disso, a aplicação é totalmente suportável e a sensação de bem-estar logo após a retirada das agulhas compensa qualquer temor”.

Filosofia de vida

O ioga foi codificado por Patanjali há mais de 2015 anos e, segundo o próprio, tem como objetivo parar as flutuações mentais, diminuir o fluxo mental rumo à libertação e chegar a um estado de meditação extremamente profunda. “É indicado para pessoas ansiosas, estressadas, com dores, por recomendação médica, ou para quem busca autoconhecimento e relaxamento. Não é meramente um exercício físico, nem mesmo uma religião. É uma filosofia de vida, uma viagem ao nosso interior, transformando e equilibrando corpo, mente emoções e espírito”, garante Patricia Galhardo (foto), instrutora da modalidade no Mister Merlin. De acordo com ela, as asanas (posturas utilizadas no método) beneficiam particularmente a coluna, o sistema digestivo e respiratório, além de alongar todas as partes do corpo e relaxar os músculos. “A prática regular aumenta a sensação de bem-estar, combate o estresse, reduz a pressão arterial e sanguínea e auxilia no controle da ansiedade, depressão e insônia”.

O bem dos florais

“Estar em harmonia emocional traz ótimos resultados na saúde física e mental”, é o que afirma Márcia Feroldi Baakilini (foto), farmacêutica e proprietária da Farmácia Violeta, especializada em manipulação com mais de 20 anos e que atua com florais. “O floral é uma preparação à base de essências de flores; na maioria das vezes, utilizado para equilibrar os três corpos: físico-mental-emocional. Nossas emoções, quando estão em desequilíbrio, são capazes de gerar problemas fisiológicos, como dores, gastrites e outros. Compreendendo essa dinâmica, vemos que apenas cuidando do conjunto é que se alcança o verdadeiro bem-estar”, Ingerida via oral, 10 gotas duas vezes ao dia, ou a critério do terapeuta, cada essência age de forma específica, alterando o astral desequilibrado pela depressão, tristeza, indecisão, medo, raiva, mágoa, ou qualquer outro sentimento negativo. “Para acalmar, dormir bem, podemos indicar chamomille (Califórnia), lavender (Califórnia), agrimony (Bach) e outros; já para resgate do eu e autoestima, buttercup (Califórnia), larch (Bach), mariposa lily (Califórnia), entre outros”, finaliza.

 

Espaço Althernativa – Equilíbrio e Bem-estar
Rua Arturo Fogoso Nieves, 123, Jardim Gumercindo (Centro)
Tel.: 2409-4905
www.espacoalthernativa.com.br

Espaço Ki – Qualidade de Vida e Prevenção
Rua Dr Jose Mauricio de Oliveira, 152, Gopoúva
Tel.: 2408-2078
www.espacoki.com.br

Farmácia Violeta
Rua Treze de Maio, 58, vila Galvão
Tel.: 2453-6666
www.farmaciavioleta.com.br

Mister Merlin Espaço Holístico
Avenida João Bernardo de Medeiros, 631, Jardim Bom Clima
Tel.: 2440-2126 / 2408-6607
www.mistermerlin.com.br

Confira outros temas abordados na capa desta matéria da RG:

Introdução: autoconhecimento é a chave para evoluir e se equilibrar
O papel da psicologia, psiquiatria e psicanálise no resgate pessoal

Reprograme sua mente
Faça o bem sem olhar a quem
Constelação familiar: a terapia de resgate do amor