Por Amauri Eugênio Jr., Cris Marques, Talita Ramos e Tamiris Monteiro
Fotos Rafael Almeida, divulgação e banco de imagens

Palavras pronunciadas são como folhas carregadas pelo vento. Depois de espalhadas, é impossível recolhê-las. Deve-se, portanto, dizer palavras que só causem efeitos positivos. E, sem dúvida, manifestar gratidão é algo que só faz bem a quem adquire essa prática no cotidiano.

O leitor pode argumentar que não é preciso dizer uma só palavra para manifestar gratidão. E estará certo nisso. Pois, segundo os esotéricos, o melhor exercício que se pode fazer ao acordar, a cada manhã, é mentalizar um agradecimento ao Universo, por mais um dia de vida, seja qual for o conceito, fé ou crença que se tenha.

Se analisarmos cada fato de nossa vida, certamente teremos muito mais a agradecer do que a desejar e, mais ainda, do que reclamar. Mas, não será exagero dizer que a maioria das pessoas se expressa muito mais para se queixar do que para elogiar ou agradecer.

Quando se é atendido em um estabelecimento comercial, por exemplo, qual será o percentual de clientes que dirigem uma palavra de incentivo e de gratidão a quem o atendeu, ante a quantidade dos que reclamam da qualidade do produto ou de qualquer outra coisa?

Quase ninguém faz algo visando apenas ao reconhecimento, mas faz muito bem ao ego sentir-se reconhecido. Ora, se gostamos de ser bem tratados, por que não nos colocarmos no lugar dos outros e tratarmos todo mundo bem? E, mais do que nos limitar a sermos educados, podemos ir além e fazer com que as pessoas se sintam felizes com a forma como as tratamos.

Um jeito simples de deixar felizes as pessoas com quem lidamos é simplesmente dizer claramente que lhes somos gratos, por nos terem feito um favor, uma gentileza, por terem caprichado em um serviço que nos prestaram, por elas serem como são, e, por que não, quando nos fizerem uma crítica, pois estão nos dando a oportunidade de nos aprimorarmos.
São inúmeros os motivos que temos para agradecer e se prestarmos mais atenção neles do que em todo o resto, iremos nos sentir realizados, em paz com nossa consciência e, portanto, mais felizes.

E quem se sente feliz irradia sua felicidade.

A reportagem de capa desta edição é um convite à reflexão, em um tempo no qual as pessoas pouco param para pensar na própria vida como algo mais importante do que aquilo que apenas pareça importante.

Espalhe gratidão por onde passar. E seja feliz!

Confira as matérias: