Escola municipal fica sem aulas por contaminação

Há cerca de um ano, o internauta Maurício Ribeiro chamou a atenção das autoridades para suposta contaminação que estaria afetando a escola municipal da vila Flora, entre o bairro do Itapegica e a rodovia Fernão Dias.

A Cetesb foi aferir e constatou a presença de gás metano nas imediações da escola, que também inclui uma creche. A responsável seria a empresa Umicore. Por ali também costuma ser despejado entulho, indevidamente.

As aulas continuaram normalmente, apesar das queixas também de funcionários, apreensivos com a possibilidade de contraírem doenças.

O Ministério Público interessou-se pelo caso e agora determinou a suspensão das aulas, que deveria ter reiniciado nesta semana. A TV Globo noticiou o caso no SPTV do meio-dia de ontem. Segue o link para quem quiser assistir. Segundo a reportagem, a Prefeitura informou que a empresa alugará um prédio na região, para onde as crianças serão transferidas.

O Click está enviando questionamento à Assessoria de Imprensa da Prefeitura e publicará a resposta tão logo nos seja remetida.

 

http://globotv.globo.com/rede-globo/sptv-1a-edicao/v/acumulo-de-vapor-toxico-impede-inicio-das-aulas-em-escola-de-guarulhos/4352152/