Indústria de SP demitiu 30,5 mil e tem pior julho desde 2006

Segundo dados divulgados nesta quinta-feira, 13, pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), as indústrias de São Paulo fecharam 30,5 mil postos de trabalho em julho, o equivalente a uma queda de 1,07% em relação ao quadro de funcionários em junho.

Segundo o levantamento, de janeiro e julho deste ano a indústria já demitiu 92,5 mil funcionários, o pior resultado para o período na série histórica do levantamento, iniciado em 2006. E se comparado com julho de 2014, são 205,5 mil vagas a menos no setor, também o pior patamar da história.