Minha opinião sobre a ocupação da E.E. Conselheiro Crispiniano

Famílias ocupam o Conselheiro por discordar de que os alunos do ensino médio sejam transferidos para o Frederico Barros Brotero, a 3 quadras de distância.

Quando eu tinha 14 anos, morava no Sapopemba e estudava na Água Rasa, porque não havia escola próxima que tivesse além do então curso primário. Com 15 anos, comecei a trabalhar no comecinho da Radial Leste e passei a estudar no Brás, no Colégio Estadual Anne Frank. Saía quase às 23h e ia de ônibus para o Sapopemba. Ia dormir mais de meia noite e no dia seguinte às 8h estava eu trabalhando lá perto do Parque D. Pedro II.

Não digo que agora deveria ser assim, mas ocupar escolas por discordar de que os alunos de nível médio tenham de se locomover por três quarteirões, ora, tenham santa paciência!!!

Em Guarulhos, apenas 3 escolas serão desativadas e, salvo engano, quatro delas serão entregues para a Prefeitura instalar creches. Em Guarulhos e em São Paulo, as prefeituras não têm conseguido cumprir Termos de Ajustes de Conduta firmados com o Ministério Público, por falta de instalações para mais creches. A saída tem sido fazer convênios com entidades, e em algumas tem havido problemas, provocando o rompimento de contratos.

A presença de deputados e vereadores do PT deixa claro o interesse partidário no “quanto pior, melhor”.

MÃE DE ALUNO CONTRAPÕE OPINIÃO DO ARTICULISTA

Li hoje a matéria do Sr. Valdir Carleto. Ele deu a opinião dele, respeito, mas quero dar a minha.

A questão não é mudar para três quarteirões de distância. A reorganização envolve a falta de:

  • diálogo

  • decoro

  • transparência

  • ética profissional

O problema foi a forma apresentada, pois o prazo apresentado foi impossível.

O problema é o horário dado para os adolescentes nas outras escolas impostas.

Adolescentes que estudam de manhã e trabalham das 14:00 às 21:00, conheço ao menos dois no Conselheiro, que terão que estudar no Brotero no período noturno, o que fazer?

Também na minha adolescência trabalhei de dia e estudei à noite, todos podem fazer o mesmo.

E esses adolescentes estão ocupando a escola por isso, por Direito, à educação e à livre expressão.

Nós não temos o direito de opinar quais os impostos que queremos pagar.

Agora não teremos direito de opinar onde queremos estudar e em qual horário?

O Brasil é um país democrata……

Está difícil de acreditar nisso.

Att.

Patricia Martins Anacleto Silva.

Mãe de adolescente em ocupação, Pagadora de Impostos, Cidadã Brasileira.