Na manhã desta terçca, 29, a Diretoria da ACE Guarulhos (Associação Comercial e Empresarial), encabeçada pelo presidente Willian Paneque, lançou uma campanha contra a corrupção, em todos os níveis de governo.

A campanha repercute as “10 Medidas contra a Corrupção”, divulgadas pelo Ministério Público do Paraná, reproduzidas abaixo.

Respondendo aos jornalistas, Paneque disse que as entidades representativas de setores da sociedade civil devem ser apartidárias, mas têm o dever de ser políticas, no sentido de tomar posição diante de situações como a atual. “Afinal, representamos parte da sociedade. Não podemos nos calar, nem nos omitir”, argumentou.

Quanto aos prejuízos que a cidade vem sofrendo por causa da crise econômica, disse não ter números exatos, embora se saiba que não apenas pequenas empresas têm fechado as portas, como grandes corporações também. “Basta ver quantas placas de vende-se e aluga-se estão espalhadas pela cidade. Esse é um bom termômetro da crise”, comentou.

Em relação às questões municipais, respondendo ao jornalista Roberto Samuel, deu um exemplo de como sua gestão irá se pautar. “Vamos denunciar ao Ministério Público o uso indevido de ônibus de linhas intermunicipais de Guarulhos no transporte de manifestantes para apoiar o governo na avenida Paulista”.

A ACE propõe aos comerciantes e empresários em geral que baixem as portas por uma hora no dia 1o. de abril, em sinal de protesto contra a corrupção desenfreada em todo o País. O jornalista José Augusto Pinheiro perguntou por que a escolha da data, já que ela é popularmente conhecida como “dia da mentira”. Paneque respondeu que foi proposital, paa deixar claro que a classe empresarial não acredita nas mentiras que os acusados de corrupção contam para tentar se safar: “O que acham? Que somos idiotas, ignorantes, que não percebemos que estão mentindo? Ninguém sabe de nada, o sítio não é meu, o apartamento não é meu, tudo é coisa dos meus amigos!!! Onde estamos? Escolhemos primeiro de abril, exatamente para deixar claro que sabemos que tudo que eles falam em defesa deles é mentira”, afirmou.

Pinheiro também sugeriu que no horário em que o comércio estiver fechado na sexta-feira, seja entoado o Hino Nacional. Paneque disse achar ótima a ideia, embora não tenha noção de se é possível divulgá-la a tempo de ser posta em prática.

Por fim, o presidente da ACE disse que o ato de hoje e a manifestação silenciosa proposta para o dia 1o. são simbólicos, mas espera que se multipliquem e causem efeito. “É preciso que o povo perceba que não dá mais para agir do mesmo jeito. Não é possível que as pessoas continuem votando em quem gasta mais na eleição. Não podemos admitir que quem tem poder para pôr um exército nas ruas no dia da eleição seja eleito desse jeito. A mudança de comportamento da classe política tem de começar na mudança de hábito dos cidadãos. E quero deixar claro que a ACE Guarulhos não está sendo oportunista neste momento. Ela é protagonista. É uma instituição que toma a dianteira nas atitudes. Não se omite e não se cala. E incentiva a Imprensa local para que tenha musculatura, seja livre, isenta, independente”, concluiu.

 

 

10 Medidas

Botao Prevenção à corrupção, transparência e proteção à fonte de informação
botão Criminalização do enriquecimento ilícito de agentes públicos
botão Aumento das penas e crime hediondo para corrupção de altos valores
botão Aumento da eficiência e da justiça dos recursos no processo penal
botão Celeridade nas ações de improbidade administrativa
botão Reforma no sistema de prescrição penal
botao Ajustes nas nulidades penais
botão Responsabilização dos partidos políticos e criminalização do “caixa dois”
botão Prisão preventiva para evitar a dissipação do dinheiro desviado
botão Recuperação do lucro derivado do crime