Caso da merenda: presidente da União dos Vereadores foi preso

Além do ex-presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) Leonel Julio, foi preso em São Paulo na manhã desta terça-feira o presidente da União dos Vereadores do Estado (Uvesp), Sebastião Miziara.

Também foram presos temporariamente por cinco dias: Aluísio Girardi Cardoso, Joaquim Geraldo Pereira da Silva, Luis Carlos da Silva Santos, o ex-vendedor da Cooperativa Orgânica Agrícola Familiar (Coaf) Emerson Girardi e o servidor público estadual Carlos Eduardo da Silva.

Todos eles são acusados de envolvimento no esquema de superfaturamento da merenda escolar fornecida a órgãos estaduais e a prefeituras do interior paulista, e que gerava propinas a servidores públicos. Nomes de deputados de vários partidos também estão na lista dos supostos beneficiários. Entre eles, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Fernando Capez (PSDB). Todos alegam inocência e negam o recebimento de qualquer tipo de vantagem.