Flamengo vence Grêmio Osasco e garante liderança

Por Marcos Vieira Ribeiro

A tarde desta quarta-feira foi especial para o Flamengo. O Corvo confirmou a liderança geral do Campeonato Paulista da Série A3 e estabeleceu um novo recorde em sua história: 18 partidas de invencibilidade. Os feitos tornaram-se realidade com o triunfo de 1 a 0 sobre o Grêmio Osasco, no estádio Antônio Soares de Oliveira, em duelo válido pela 18ª rodada. O gol rubro-negro foi marcado pelo artilheiro Daniel Bueno, aos 36 minutos do primeiro tempo.

Com o importante resultado, a equipe comandada por Rogério Delgado – técnico que trilha aproveitamento perfeito: sete vitórias em sete jogos – chega aos 40 pontos, não podendo mais ser ultrapassada. A representação de Guarulhos terá pela frente no quadrangular final os clubes que terminarem nas seguintes colocações: 4ª, 5ª e 8ª.

Assim, o Flamengo apenas cumpre tabela na última rodada, diante do Grêmio Catanduvense, fora de casa. O duelo está marcado para domingo, às 10 horas, no estádio Sílvio Salles.

A partida – Diante de um adversário pressionado pela vitória, o Flamengo atuou com sabedoria. Durante os primeiros minutos, curiosamente, os comandados de Rogério Delgado fizeram o Grêmio Osasco provar do próprio veneno. Voluntarioso, Milton Junior protagonizou um importante desarme na área, ergueu a cabeça e preferiu sair jogando – o meia tabelou com o zagueiro Igor Prado entre os atacantes visitantes e conduziu a bola calmamente até o campo de ataque.

Aos 13 minutos, em sua especialidade, Arthur Santos arremessou um potente lateral do setor direito e acionou Tom. O camisa 9 fez o pivô com maestria e serviu Ingro, de peito. O mauaense chutou firme, e viu Gabriel Miotti fazer boa defesa, contendo a primeira oportunidade consistente criada pelo Corvo.

Quando o relógio apontou a marca dos 25, o goleiro Wagner praticou a primeira de muitas milagrosas defesas da tarde. O camisa 1 rubro-negro voou no ângulo direito para evitar o tento do volante Alex Silva, que cobrou falta com precisão.

Com a marcação encaixada, a representação de Guarulhos envolveu o GEO – que perdeu Borebi, machucado, aos 34 minutos – e abriu o placar na marca dos 36. Tom recebeu no setor esquerdo, ergueu a cabeça e executou passe milimétrico para Daniel Bueno. O camisa 11 invadiu a área, ganhou na velocidade da zaga e finalizou com precisão, estufando as redes de Gabriel Miotti.

O segundo gol flamenguista quase veio aos 41 minutos, mas Tom não conseguiu dominar cruzamento de Welington Carioca para arrematar. A resposta dos comandados de Lucas Macorin veio aos 45 minutos. Ex-atleta rubro-negro, Willian cobrou falta direta, à altura média, e exigiu linda defesa do atento Wagner.

No início do segundo tempo, o Grêmio Osasco criou uma boa oportunidade para empatar. Alex Silva invadiu a área pelo setor direito e serviu Castro. Todavia, atrapalhado por Welington Carioca, o camisa 17 visitante concluiu rente à trave direita de Wagner.

Com a contusão do capitão Carlão – que deixou a partida com uma entorse no tornozelo direito –, coube a Luís Felipe fazer companhia a Igor Prado na zaga e fechar a casa rubro-negra. Porém, o Flamengo precisou de Wagner para sair com o resultado positivo. O paulistano, que reforça a alcunha de “santo” a cada jogo, protagonizou uma sequência de defesas incríveis na reta final.

Aos 36 minutos, Willian arriscou da entrada da área, após disparar pelo setor esquerdo, e viu Wagner voar para segurar firme, sem dar rebote. Com 38 jogados, o camisa 1 rubro-negro protagonizou uma defesa à queima-roupa para impedir o tento de Castro – livre na área após bate-rebate. Nos acréscimos, Klauber recebeu cruzamento de Bruno Leandro e testou sobre o travessão rubro-negro. A chance aérea respresentou o último ato antes da festa em território guarulhense.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 1 x 0 GRÊMIO OSASCO

Data e horário: quarta-feira, 30 de março, às 15 horas.

Estádio Antônio Soares de Oliveira, em Guarulhos.

Arbitragem: Aurélio Sant’Anna Martins, auxiliado por Márcio Jacob e Paulo César Modesto.

Cartões amarelos: Tom, André Bilinha, Milton Junior, Daniel Bueno, Fernando Junior e Ingro (Flamengo); Alex Silva, Klauber, Mateus Oliveira e Willian (Grêmio Osasco).

Expulsão: Ingro (Flamengo).

Público pagante: 369 pessoas.

Renda: R$ 2.589,84.

Gol: Daniel Bueno, aos 36’ do 1T.

Flamengo: Wagner; Arthur Santos, Carlão (Luís Felipe), Igor Prado e Welington Carioca; Arthur, André Bilinha e Milton Junior (Neizinho); Ingro, Tom (Celsinho) e Daniel Bueno.

Técnico: Rogério Delgado.

Grêmio Osasco: 1-Gabriel Miotti 2-Theo 3-Bruno Leandro 4-Hudson 5-Alex 6-Willian 7-Borebi (17-Castro) 8-Klauber 9-Mateus Oliveira 10-Denílson 11-Jorge Eduardo (15-Juca).

Técnico: Lucas Macorin.