Susto

A abertura de inquérito pelo Ministério Público contra o prefeito Almeida (PT) e seu secretário de Saúde, Carlos Derman (PT) para apurar ato de improbidade administrativa devido a negligência na gerência e fiscalização do funcionamento e atendimento das unidades de saúde do município, pegou de surpresa os petistas, já que de acordo com as propagandas oficiais que estão sendo veiculadas nos últimos dias, Guarulhos é a terra dos sonhos.

Vai um omeprazol?

Ao saber que a representação partiu do vereador Guti (PSB), Almeida não se conteve e ficou irado. Na opinião dele, segundo amigos que estavam próximos, o ato é mais uma tentativa de golpe contra o seu governo e tudo isso faz parte de um plano da elite branca para promover a ingovernabilidade. Inconformado e cheio de raiva, o prefeito chegou a sentir forte queimação no estômago, que logo passou após tomar um copo de água torneiral, já que em final de mandato, mineral ninguém oferece.

Enrolation

Almeida e Derman devem prestar esclarecimentos sobre os fatos no prazo de 30 dias, devendo também informar quais providências estão sendo tomadas para que tais irregularidades não voltem a acontecer. Curiosas deverão ser as respostas, pois defender o indefensável costuma trazer um jogo de palavras interessante para quem é fã do personagem Rolando Lero. Quem quiser saber a verdade, basta ir a qualquer unidade de saúde e conversar com algum paciente. A resposta não será surpreendente.

É hoje

O presidente da Câmara, Prof. Jesus (DEM) incluiu 9 projetos na pauta da sessão extraordinária desta 5ª feira. Vale destacar o PL 574/16 sobre incorporação da gratificação de representação e consultoria jurídica para os procuradores da Prefeitura. A proposta já foi rejeitada duas vezes pelos vereadores, mas o Executivo reenviou o projeto com algumas modificações. Há também o PL 769/16 fixando em 25% o percentual de cargos e funções comissionadas a serem ocupadas por servidores efetivos do Legislativo. O mesmo projeto extingue o cargo de Diretor de Assuntos Jurídicos e cria a função de Procurador Chefe com 30% de gratificação.

Fortalecendo o debate

Três projetos de Resolução propostos por Dr. Laércio Sandes (DEM) integram a pauta extraordinária e visam alterar o Regimento Interno. A Resolução 4066/2015 pretende alterar o artigo 154 do RI para possibilitar a realização das sessões ordinárias a partir das 19h; já a 4067/2015 altera o artigo 63, inciso I, para garantir aos vereadores que não haja cerceamento de debate de suas opiniões; por fim a 4274/2015 inclui a possibilidade do contraditório e a ampla defesa nas proposições, emendas, subemendas e substitutivos apresentados no plenário.