terça-feira, 9 agosto 2022
PUBLICIDADE
InícioDESTAQUEDatafolha aponta queda brusca de Russomano; Marta e Dória sobem

Datafolha aponta queda brusca de Russomano; Marta e Dória sobem

 

Reportagem de Thais Bilenki, publicada pelo UOL, mostra os novos números da pesquisa Datafolha. Contratado pela Folha de SP e TV Globo, o levantamento foi feito na quinta, 8, e ouviu 1.092 pessoas.

O Datafolha mostra o candidato a prefeito de São Paulo Celso Russomanno (PRB) despencando, dos 31% que apresentava na pesquisa anterior para 26% na atual.
Ao mesmo tempo, a senadora ex-petista Marta Suplicy (PMDB) e João Doria (PSDB) cresceram respectivamente para 21% e 16%.
O instituto considera a disputa embolada, pois com a margem de erro, Marta e Russomano estariam tecnicamente empatados. Doria aparecia com 5% na pesquisa anterior e subiu exponencialmente, porque era desconhecido do grande público e muitos que o conhecem não sabiam que ele é candidato. O tempo maior de exposição na TV pode ter sido a principal razão do crescimento do tucano.
O prefeito Fernando Haddad (PT), candidato à reeleição, subiu ligeiramente, de 8% para 9%. Já a deputada Luiza Erundina (PSOL) caiu de 10% para 7%. Major Olímpio (SD) manteve-se em 2%; Levy Fidelix (PRTB) e João Bico (PSDC) registraram 1% cada. Ricardo Young (Rede), Henrique Áreas (PCO) e Altino (PSTU) foram citados, mas não pontuaram.

Caíram os índices de votos brancos ou nulos: são 13%, e 4% dos entrevistados não opinaram. Em agosto, 17% disseram que votariam em branco ou nulo e 7% não opinaram.

SEGUNDO TURNO

No segundo turno, de acordo com o Datafolha, Russomanno venceria Marta por 45% a 38%. Em agosto, a diferença era de 51% a 32%.

Se a disputa fosse com Doria, a vitória do candidato do PRB seria de 52% a 28%. Em agosto, o deputado vencia de 63% a 16%.

De Haddad, Russomanno ganharia de 56% a 25%. De Erundina, 56% a 27%.

O prefeito perderia para Marta (23% a 51%), para Doria (30% a 45%) e para Erundina (28% a 44%).

Marta ganharia de Erundina (50% a 27%) e de Doria (48% a 33%).

REJEIÇÃO

Haddad ainda é o candidato com maior rejeição: 46% disseram que não votariam nele, ante os 49% medidos em agosto.

Marta tem 29% (ante 32% do levantamento anterior) e Erundina, 26% (ante 25%). A rejeição de Russomanno oscilou de 18% para 21%. No caso de Doria, 20% não votariam nele (eram 22%).

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

SIGA/CURTA

28,870FãsCurtir
3,337SeguidoresSeguir
1,613SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever

VEJA TAMBÉM

Alunos da rede municipal recebem o CrediLivro para a compra de obras durante a...

Com o objetivo de estimular o gosto pela leitura desde a infância, a Prefeitura de Guarulhos disponibiliza o CrediLivro aos alunos da rede municipal...

Festa das Cerejeiras retoma formato presencial no Parque do Carmo

A tradicional Festa das Cerejeiras no Parque do Carmo retomou o modelo presencial, depois de dois anos suspenso por causa da pandemia de covid-19. O...

Estação da Luz da CPTM recebe ação de conscientização no Dia de Combate ao...

Para destacar a importância do Dia de Combate ao Colesterol, a CPTM realiza ação em parceria com a Associação de Diabetes Juvenil no dia...

Cata-Treco atende Gopoúva e mais 23 bairros neste final de semana

A Operação Cata-Treco de retirada de inservíveis, realizada semanalmente pela Prefeitura de Guarulhos, vai atender 24 bairros neste final de semana. No sábado (6) os caminhões...

Primeiro sábado de agosto tem quatro UBS abertas pelo programa Saúde Agora

Neste sábado (6) a Prefeitura de Guarulhos abrirá uma UBS em cada região de saúde para atender a população para consultas, exames e vacinação pelo programa...