Coluna do Carleto – Edição 363

 

Adeus, PT!

Como já era esperado, o ex-prefeito Sebastião Almeida deixou o PT, ao qual esteve filiado por 33 anos. Na “carta-testamento”, bem escrita (quem terá sido?), não esconde a mágoa dos ex-companheiros, critica a campanha de 2016, sem as cores do partido e atribui a não ida do PT ao segundo turno ao fato de terem “escondido as realizações do governo”.

Repercussão

Nas redes sociais, internautas não pouparam Almeida. Houve quem exagerasse: por pior que a gestão dele tenha sido, não é correto partir para a agressão. Aí, perde-se a razão.

Planos para 2018

Em entrevista à Revista Guarulhos (RG) de novembro, o ex-alcaide descartou voltar à Assembleia. Quer ir para Brasília.

Pra onde irá? – 1

O PDT, presidido por Armando Matos, quer que Almeida seja candidato a deputado federal para compor a chapa de Ciro Gomes, que sonha ser a alternativa a Lula para o Planalto. O ex-vice de Eli Corrêa Filho, José Pereira, e o ex-vereador Heleno Metalúrgico deixaram a legenda e devem ir para o Solidariedade.

Pra onde irá? – 2

A colunista Vera Magalhães, no Estadão, comentou que o PSB e o PSD querem atrair ex-prefeitos petistas para serem puxadores de votos em 2018. E citou Almeida. Acho difícil que vá para o PSB por ser o partido pelo qual Guti foi eleito e por ser muito próximo de Alckmin. No PSD de Kassab e do presidente da Câmara, Eduardo Soltur, é mais possível. Porém, puxador de votos é que duvido que ele possa ser. Se for eleito, já será quase um milagre.

Prestigiado

Uma das bandeiras do ex-vereador Americano virou Lei. Seu projeto determinando medidas mínimas de largura e comprimento nas garagens dos novos empreendimentos imobiliários foi sancionado pelo prefeito Guti. A medida repercutiu positivamente para a cidade.

Mutirões e chuvas

Ainda que busquem mostrar, pelas redes sociais, uma cara de “bom-mocismo” da nova gestão, os mutirões que Guti, Zeitune & Cia. implantaram nos parques têm um componente positivo, que é o de incentivar setores da sociedade a assumir responsabilidades para melhorar a cidade. Não resolvem, porém, problemas cruciais como o da falta de conservação de tubos e galerias, que até uma morte e desaparecimento provocaram.

Placa retirada

Nota publicada aqui no dia 13 surtiu efeito: a Prefeitura retirou de imediato placa que ainda indicava parada de carro-forte na rua Felício Marcondes.

Blocos na rua

Nove blocos de rua do carnaval uniram-se para formar o Unoblocos, com o objetivo de organizar as atividades, inclusive trabalhos sociais durante o ano todo e encontrar meios de captação de recursos, para não depender do poder público. Criaram uma agenda para que se apresentem em datas diferentes, ampliando a participação popular. O advogado Cristiano de Sá, do Fanfarrões, será o presidente. Também fazem parte os blocos: Pescakinada, Sino, Delega, Abraço da Vila, Unidos dos Meus Ovos, Folia da Vila, Bem Dito e o estreante Estação Primeira de Gopoúva.

Multiplicando

Na carona dos mutirões de Guti, a guarulhense Ernestina Bertolli, da UFA (União Faz Acontecer) obteve apoio de vizinhos do Jardim Paraventi para, junto com equipe da Secretaria do Meio Ambiente, limpar as praças do bairro.