quarta-feira, 17 agosto 2022
PUBLICIDADE
InícioCIDADEUTILIDADE PÚBLICAGuarulhos recebe novas instalações para atender refugiados, réus estrangeiros e migrantes

Guarulhos recebe novas instalações para atender refugiados, réus estrangeiros e migrantes

 

A cidade de Guarulhos conta com novas instalações para atender refugiados, réus estrangeiros e migrantes, além de brasileiros retornados. Foi inaugurado na manhã desta quarta-feira, 7, o Centro de Defesa dos Direitos Humanos – CDDH, na rua Paulo José Bazani, 60, Macedo, espaço que irá funcionar como albergue provisório com capacidade para atender até 25 pessoas.

A cerimônia contou com a presença do prefeito em exercício de Guarulhos, Alexandre Zeitune (Rede). São parceiros da Prefeitura nessa iniciativa o Gru Airport e o Instituto Invepar.

Na solenidade de abertura do novo espaço, realizada no auditório da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secel), estiveram presentes o coordenador de Sustentabilidade e Responsabilidade Social da GRU Airport, Carlos Melo; da gerente executiva de Sustentabilidade, Marketing e Comunicação da Invepar, Cláudia Maria Jeunon; e o fundador do CDDH, Orlando Fantazzini. Secretários municipais estiveram presentes ao evento; entre eles, Lameh Smeili, de Assuntos Difusos, e Arão dos Santos, de Desenvolvimento e Assistência Social.

A história do CDDH

A origem do Centro de Defesa dos Direitos Humanos está na Igreja Católica. Durante a Campanha da Fraternidade de 1983, com o tema “Fraternidade, sim; violência, não!”, foi criada a Pastoral dos Direitos Humanos por Dom João Bergese (1935-1996), o primeiro bispo diocesano de Guarulhos. No ano seguinte, Dom João sugeriu a criação de uma entidade social em favor dos direitos humanos. Em 1990, o bispo propôs e o CDDH passou a congregar os esforços de toda a Sociedade.

A seguir, o Centro de Defesa dos Direitos Humanos passou a organizar seminários, sempre com o foco na defesa da proteção às classes menos favorecidas. Uma das bandeiras mais significativas, durante a década de 1990, foi a reforma agrária e a exploração econômica do trabalhador do campo. Hoje, o CDDH é apolítico e sem orientação religiosa. Dirce Harumi Sugimura Ono é a atual presidente da entidade.

 

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

SIGA/CURTA

28,870FãsCurtir
3,337SeguidoresSeguir
1,614SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever

VEJA TAMBÉM

Nipo participará do 22º Congresso mundial de obesidade e distúrbios metabólicos nos EUA

Representado pelo cirurgião bariátrico, Dr. Marcelino Yoshikazu Nakamura, o Hospital Nipo-Brasileiro participará do 22º Congresso Mundial da Federação Internacional de Cirurgia de Obesidade e distúrbios...

Eleições 22: Veja o que pode ou não no dia da votação

Daqui a exatos 50 dias, serão realizadas as Eleições Gerais de 2022 e, pelo Brasil, eleitoras e eleitores estão ansiosos para se dirigirem às...

Seis programas de estágio estão com inscrições abertas

A Companhia de Estágios, empresa líder de recrutamento e seleção de estagiários e trainees, está conduzindo seis processos seletivos com oportunidades de estágio para...

Beneficiários com NIS final 3 recebem hoje Auxílio Brasil

A Caixa Econômica Federal paga hoje (11) a parcela de agosto do Auxílio Brasil aos beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) final 3. É a primeira parcela com...

Teatro Padre Bento recebe encontro do projeto Música e Filosofia

No próximo domingo (21), às 11h, o Teatro Padre Bento recebe encontro do projeto Música e Filosofia com o tema Como Construir o Futuro, com o palestrante...