Próximo do prazo final para cadastramento biométrico, o número expressivo de eleitores que não compareceram a algum dos postos para regularização, é preocupante, principalmente para aqueles que pleiteiam uma vaga no Legislativo Estadual ou Federal.

Segundo dados do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), cerca de 199 mil munícipes de Guarulhos não estão em dia com a Justiça Eleitoral, ou seja, esses eleitores não estão aptos a participar do pleito deste ano. Vale lembrar que Guarulhos tem o segundo maior eleitorado do Estado, com cerca de 900 mil votantes.

Para o presidente da Câmara Eduardo Soltur, é preocupante o número de eleitores que ainda não regularizaram sua situação, mas por outros motivos. “Sem o título, a pessoa não poderá participar de concursos públicos, abrir conta em bancos, tirar passaporte. São muitas situações envolvidas e a cidade também perde com isso”, declarou o edil.

Os eleitores que quiserem regularizar sua situação poderão comparecer a um dos postos da cidade, portando documento com foto e comprovante de residência emitido nos últimos três meses. Os cidadãos têm até 9 de maio para fazer os procedimentos devidos.

A pessoa que tiver o documento cancelado fica impedida de praticar certos atos da vida civil, como obter passaporte, carteira de identidade e CPF, matricular-se em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo, tomar posse em concurso público, participar de concorrência pública e obter empréstimo em bancos oficiais.