Boneco com rosto de vereador é queimado em manifestação do MTST em Guarulhos

O Movimento de Trabalhadores sem Teto (MTST), Povo sem Medo de Guarulhos e Hugo Chávez, fazem manifestação nas ruas centrais da cidade nesta sexta-feira, 13. Durante o ato, um boneco com o rosto do vereador Laércio Sandes (DEM) foi queimado. O edil é o responsável pela liminar que derrubou a votação da Câmara Municipal que aprovou, por unanimidade, o projeto das ZEIS (Zona Especial de Interesse Social). “Milhares de famílias haviam se mobilizado naquela quinta-feira, 21 de junho [quando foi votado o PL]. Foram mais de seis horas de pressão em frente à Câmara Municipal, até que os 27 vereadores presentes aprovassem, por unanimidade, a transformação de uma área de 120 mil metros quadrados no bairro de Bonsucesso em ZEIS”, disse em nota o MTST.

Para o vereador Sandes, a proposta traz modificações sem os necessários estudos técnicos, debate com a sociedade civil organizada, bem como a população por meio de audiências públicas. Além disso, a maneira como ocorreu a votação violou a oportunidade do Legislativo de sugerir emendas, ajustes e melhorias, pois o PL foi votado no afogadilho.

 

VEREADOR JUSTIFICA POR QUE ENTROU COM MANDADO DE SEGURANÇA

 

Vereador explica por que foi contra mudança de zoneamento do “Sítio do Vovô”