Vereadores rejeitam proposta de diminuir comissionados na Câmara

Foto de Vera Jursys

A proposta de redução de cargos comissionados apresentada pelo presidente da Câmara de Guarulhos, Eduardo Soltur (PSB), foi rejeitada pelos vereadores nesta quinta-feira, 22. Um dia depois de ter sido protocolado, sem ao menor ser discutida em plenário. Soltur queria diminuir o número de assessores de cada vereador para 8; atualmente, cada gabinete conta com 15

Segundo informações do jornal Guarulhos Hoje, o custo atual de cada gabinete para o Legislativo é de aproximadamente R$ 62 mil por mês. Anualmente este custo individual chega a quase R$ 800 mil. Como são 510 assessores ao todo, o montante que o poder público desembolsa para manter os comissionados gira em aproximadamente R$ 32 milhões por mês. Se caso a proposta fosse aceita, o custo passaria a ser a metade do atual.