PUBLICIDADE
InícioCLICK GUARULHOSCarnê do IPTU não informa onde pagar

Carnê do IPTU não informa onde pagar

Publicado em
PUBLICIDADE

(texto editado às 13h55 de domingo, 13.1)

 

 

Os carnês do IPTU impressos estão sendo entregues nas residências. Como bem observou a internauta Ivelize Hisami Oki, porém, neles não consta onde podem ser pagos. Mencionam simplesmente “Nos bancos conveniados”, sem citar quais são.

Em nota distribuída à imprensa na sexta-feira, a Prefeitura informa que os bancos Itaú, Bradesco e Santander já podem receber. E que os bancos do Brasil, Caixa e Bancoob serão convocados na próxima semana para assinar os contratos.

Estranhamente, porém, a mesma nota oficial da Prefeitura informa que o tributo pode ser pago nas lotéricas, que são ligadas à Caixa. Como é possível, se o contrato não foi assinado, não se sabe ainda.

Pela internet, a Caixa está recebendo o IPTU de Guarulhos. Alertado por um amigo internauta, fiz o teste e comprovei que é possível pagar ou agendar o pagamento na Caixa, se o contribuinte for cliente e usuário do Internet Banking. Falta testar as máquinas de autoatendimento.

Até 2018, as lotéricas foram a salvação dos contribuintes que não têm conta nos bancos que só aceitavam receber pelos meios eletrônicos ou de auto-atendimento.

Como bem frisou a internauta em postagem no Facebook, é absurdo que os carnês tenham sido impressos sem informar onde podem ser pagos. A Prefeitura teve o ano inteiro para providenciar isso e não o fez, causando dificuldades aos contribuintes e prejuízo aos cofres municipais, pois quem quiser pagar já, à vista, com desconto, não tem como fazê-lo, a não ser que seja correntista dos três bancos já conveniados. “Quem quiser pagar à vista, terá de carregar o valor em espécie, correndo o risco de ser assaltado ou até assasinado”, diz Ivelize. Para a Administração, cujo fluxo de caixa é apertado, seria importante que os recursos entrassem rapidamente, para fazer frente aos pagamentos que estão em atraso e à manutenção em dia das obrigações a vencer. Mas, como tem acontecido, as providências não têm sido tomadas em tempo hábil pela gestão municipal.

Resta torcer para que, de fato, na próxima semana a Prefeitura divulgue que os contratos foram assinados e que os guarulhenses poderão pagar o imposto de forma tranquila e sem correr riscos. Afinal, quanto menos dinheiro em espécie estiver em circulação, melhor para a segurança das pessoas.

E que no próximo ano, façam o que tem de ser feito no tempo certo, para que, ao imprimir os carnês, já informem corretamente onde podem ser pagos.

Aliás, está no tempo de a Prefeitura de Guarulhos incentivar a população a inibir a confecção dos carnês impressos, assim como têm feito as concessionárias de energia. Quanto mais contribuintes autorizarem a emissão apenas eletrônica, maior será a economia para os cofres públicos, tanto na impressão quanto na entrega dos carnês. Se o governo estadual baniu a impressão das guias do IPVA, o que impede a Prefeitura de fazer pelo menos uma forma menos radical de economia?

Nesta segunda-feira, vou indagar à Assessoria de Imprensa da Prefeitura sobre a informação de que o contrato com a Caixa não foi ainda assinado e, ao mesmo tempo, de que as lotéricas podem receber o imposto.

Valdir Carleto

 

Prefeitura informa relação de bancos que recebem o pagamento do IPTU 2019

Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE
Redes Sociais
28,870FãsCurtir
3,337SeguidoresSeguir
1,683SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever
PUBLICIDADE

Últimas publicações

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE