Vila Moreira está há 36 horas sem energia elétrica

Desde a queda de uma árvore, na rua Marcolina Moreira, na noite de segunda-feira, 25, várias ruas da Vila Moreira estão sem energia elétrica.

A Assessoria de Imprensa da EDP foi comunicada ontem de manhã pelo Click Guarulhos. Solicitaram para informar qual a rua onde estaria o problema. Como são várias ruas, não foi possível responder de imediato.

Nesta manhã, moradores da rua Minas Gerais pediram a intercessão do portal, pois estão tendo inúmeros problemas com a falta de energia elétrica.

Na Vila Augusta e Vila das Palmeiras moradores também reclamam da falta de energia desde segunda à noite. A internauta Bruna Cirilo, moradora do bairro, disse que ao cobrarem os funcionários da EDP foram informados de que a previsão (do restabelecimento de energia) seria entre sexta-feira ou sábado. “As pessoas estão perdendo alimentos que estavam congelados. A resposta para tanta demora é que estão aguardando a Prefeitura podar as árvores que caíram”, disse Bruna.

“Na rua Afonso Pena não tem energia até o momento. Um amigo diz que já reclamou à Aneel,  mas nada. Estamos sem luz e há várias residências nesta rua”, completou a internauta Marcia Mieko.

Rosana, moradora da Rua Minas Gerais, 54, na Vila Ristori, diz que ela e seus vizinhos estão desesperados. “Estamos há 3 dias sem energia elétrica devido a queda de uma árvore e até o momento ninguém fez nada. Já foram feito mais de 20 protocolos junto à EDP . Nem a a empresa e a nem a Prefeitura de Guarulhos comparecem ao local para retirar a árvore e restabelecer a fiação. Está um empurrando o problema para o outro, deixando a população sem energia, com prejuízos financeiros e morais”, reclamou.

A EDP (antiga Bandeirante) trata os consumidores com descaso, porque não existe concorrência.

Mandamos questionamento à EDP e à Prefeitura. Assim que obtivermos respostas publicaremos.

Resposta Prefeitura
Em atenção à demanda, a Prefeitura de Guarulhos informou “que está empenhando todos os esforços para a limpeza da cidade, com equipes da Secretaria de Meio Ambiente e da Proguaru dedicadas exclusivamente aos bairros atingidos pelo vendaval desta segunda-feira, 25. Até a manhã desta quarta-feira, 27, a Sema registrou  a queda de 90 árvores. O Departamento de Iluminação Pública está em contato constante com a EDP para que esta agilize o restabelecimento da energia elétrica nas regiões afetadas. Hospitais, postos de saúde, escolas e delegacias têm prioridade.”