quarta-feira, 6 julho 2022
PUBLICIDADE
InícioCIDADANIAFigueiredo Jr. agora na Super Rádio 1150

Figueiredo Jr. agora na Super Rádio 1150

 

O guarulhense Figueiredo Jr. estreou novo horário no rádio brasileiro: agora, além da Adore FM (98,1), das 17h às 18h, ele também está no ar, de segunda a sexta, na Super Rádio AM 1150, das 18h às 19h, com o programa Super Debate, no qual recebe convidados e conta com a participação de ouvintes.

A Super Rádio é sucessora da antiga rádio Tupi, na qual Figueiredo atuou de 1995 a 1998 (FM) e depois, de 2005 a 2008 e de 2015 a 2016 (AM).

Ele afirma estar muito feliz por retornar: “Eu me sinto em casa. E feliz pelo contato com o público, pois o programa é bem interativo”.

Boletins de notícias de Guarulhos são feitos em áudio pelo jornalista Valdir Carleto, do Click, e transmitidos nos dois programas do radialista.

Tanto a Adore FM quanto a Super Rádio podem ser sintonizadas pela internet: www.adoresempre.com.br e www.superradio1150.com.br . O WhatsApp da Super Rádio é o 11 99994-8117.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

SIGA/CURTA

28,870FãsCurtir
3,337SeguidoresSeguir
1,597SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever

VEJA TAMBÉM

Sistema Cantareira está com 39,5% da capacidade

O Sistema Cantareira, que abastece cerca de 7 milhões de pessoas na Região Metropolitana de São Paulo, passou a operar oficialmente na faixa de...

Publicada lei com medidas de combate à fome em São Paulo

A prefeitura de São Paulo publicou no Diário Oficial do município desta quinta-feira (30) a lei que dispõe sobre a Política de Segurança Alimentar...

UNG empossa novo reitor

A Universidade UNG, em Guarulhos, empossou Yuri Neiman como novo reitor da Instituição. Com expertise em planejamento estratégico e acadêmico, o psicólogo tem mais...

Governo de SP reduz ICMS do gás de cozinha

O Governo do Estado de São Paulo reduziu a base de cálculo do ICMS na comercialização de gás de cozinha no sábado (2). Com...

Presidente da Caixa acusado de assédio sexual pede demissão

Acusado por algumas funcionárias da Caixa Econômica Federal de assédio sexual, notadamente em viagens a serviço, o presidente da instituição, Pedro Guimarães, pediu demissão...