Novo colégio promete gerar mil empregos em Guarulhos

A Prefeitura divulgou na quinta-feira que a instituição de ensino particular Vereda prepara, para setembro, sua chegada a Guarulhos, na Vila Galvão, o que demonstra que a cidade tem ambiente favorável para novos investimentos também no campo da educação. A notícia contrasta com a informação de que o tradicional colégio Novo Rumo, no Macedo (região central) irá encerrar as atividades até o fim deste ano.

Em visita ao prefeito Guti, o fundador e presidente da Vereda, Danilo Costa, anunciou o

investimento. Guti elogiou a iniciativa e falou do esforço que vem desenvolvendo para tornar o município mais atraente para os negócios em todas as áreas. “Estamos trabalhando para atrair novos investimentos para Guarulhos. Fico feliz quando vejo uma instituição de ensino investir R$ 300 milhões em toda sua rede de escolas e ainda dirigir parte disso para a nossa cidade e criar mil empregos, entre postos diretos e indiretos. Vamos continuar a mostrar que a cidade é um terreno fértil para investimentos”, afirmou Guti.

Atrativos

De acordo com Danilo Costa, a instituição vai criar mil empregos na cidade, entre postos diretos e indiretos, com prioridade para a mão de obra local. Sobre o porquê da escolha de Guarulhos para a quarta unidade de sua rede – já existe uma em Santo André e outras duas, em São Paulo (Capital) e São Bernardo, serão inauguradas –, Costa aponta o trabalho da atual administração municipal. “Enxergamos o município como um lugar diferenciado, com repertório cultural, comercial e industrial. Além disso, o atual governo municipal nos inspirou muita confiança e mostrou uma segurança jurídica”.

O Vereda em Guarulhos poderá receber até mil matrículas, entre período integral e cursos livres, e oferecerá aulas do Ensino Fundamental I e II e Ensino Médio, compreendendo alunos de 6 até 16 anos. Segundo Danilo Costa, a mensalidade custa “a partir de R$ 500” para o período integral.

O gestor da Secretaria de Desenvolvimento Científico, Econômico, Tecnológico e Inovação (Sdceti), Rodrigo Barros, revela que o município foi procurado por Vereda pelo trabalho que a atual administração realiza desde 2017. “O Danilo Costa nos procurou pela evolução que ele viu na cidade”, contou. Barros ainda destacou o valor da educação na mudança da cidade. “Toda transformação acontece através da educação. Guarulhos vive uma transição econômica e há uma grande chance de a cidade colher ótimos frutos no médio prazo, por todo o trabalho que a gente faz na mobilidade, infraestrutura, mas, principalmente, por essa mudança ser liderada pela educação”, concluiu.

Esclarecendo dúvida

Antes de divulgar a notícia, o Click Guarulhos enviou mensagem à Assessoria de Imprensa, questionando a informação quanto aos mil empregos, por estranhar que seja criado um emprego para cada vaga de aluno no colégio.

Em resposta, a Prefeitura confirmou a informação:

“As mil vagas, diretas e indiretas, incluem equipe contratada para obras, fornecedores de insumos, professores, equipe administrativa, entre outras funções. Além disso, o colégio oferece cursos integrais, o que demanda uma rotação dos funcionários.  

A escola pode oferecer até mil matrículas, sendo essa a capacidade máxima da instituição de ensino para receber alunos, entre cursos livres e integrais.
O valor da mensalidade, a partir de R$ 500, é possível por conta da parceria da instituição com empresários e investidores.”