Recolhidas 1.118 bitucas de cigarro no Bosque Maia

Durante algumas horas caminhando pelo Bosque Maia, com olhos atentos a todos os cantinhos do parque, voluntários da organização Mundo sem Bitucas, em parceria com a equipe do programa Lixo Zero da Prefeitura de Guarulhos, formaram a “montanha da vergonha”, com a coleta de 1.118 bitucas de cigarro descartadas irregularmente no local.

Bitucas podem parecer inofensivas, mas na verdade trazem diversos prejuízos à saúde e ao meio ambiente, como explica Celi Pereira, chefe de divisão técnica de Educação Ambiental da Secretaria de Serviços Públicos (SSP). “Jogadas por toda parte, as bitucas causam vários impactos socioambientais em nosso planeta, contribuindo com enchentes, entupimento de bueiros, queimadas, morte de animais e com a contaminação do solo e da água. Cada bituca demora em média cinco anos para se decompor”, afirma.

Uma nova edição de caça às bitucas será realizada na última semana de agosto e a programação será divulgada em breve. Em Guarulhos, a ação é organizada pela Secretaria de Serviços Públicos.

Resultado nacional

Realizada simultaneamente em 20 cidades do país, a ação resultou em mais de 39 mil bitucas coletadas de forma colaborativa com o apoio de 146 voluntários.

*Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Guarulhos

Comentário

Quem joga uma bituca na rua parece não ter noção de quanto essa atitude, aparentemente banal, causa ao meio ambiente. Mas, se calcularmos quantas bitucas são jogadas por dia nos logradouros públicos, veremos que é um número alarmante.

Estatísticas oficiais mostram que, embora o número venha caindo seguidamente, ainda 9,3% da população brasileira tem o hábito de fumar. Aplicando esse percentual ao número de habitantes de Guarulhos, conclui-se que há na cidade cerca de 127 mil fumantes. Se cada um deles fumar um maço de cigarros, em média, por dia, teremos 3,5 milhões de cigarros fumados por dia. Se metade das pessoas que fumam tiverem o péssimo hábito de jogar bitucas nas ruas, serão nada menos de 1,7 milhão de bitucas atiradas em locais indevidos, só em Guarulhos. Em um mês, são 50 milhões de bitucas!!

Se você, caro leitor internauta, não se preocupa com sua saúde e quer continuar fumando, a escolha é sua. Mas, respeito o direito dos outros: não fume perto de outras pessoas e menos ainda se houver crianças no entorno. Mães ou pais com criança no colo, fumando, nem pensar! Mulheres grávidas, de jeito nenhum: o bebê não tem escolha; respeite o direito dele de não fumar! E, de forma alguma, jogue as bitucas nas ruas.

Valdir Carleto