Fotógrafo Massami Kishi comemora 90 anos

O lendário fotógrafo Massami Kishi, que por muitos anos foi estabelecido na rua Felício Marcondes, comemorou no domingo, com a família, seus 90 anos de idade, em sua residência, no bairro do Cabuçu.

Reconhecido como possuidor do maior acervo de fotos de antigos acontecimentos da cidade, Massami escreveu durante alguns anos a coluna “Guarulhos Século XX”, no Jornal Olho Vivo. A coletânea dessas publicações resultou na edição de um livro com o mesmo nome. Ele autografou um exemplar que está doado por ele à mais antiga escola municipal de Guarulhos, a João Álvares, que completa 50 anos em 2019 e prepara uma série de atividades para celebrar a data.

Depois que sofreu um AVC (acidente vascular cerebral), há vários anos, Massami Kishi não consegue falar, comunicando-se por escrito. Segundo relato de seu genro Carlos Alberto Franco Bueno, que cedeu ao Click as fotos aqui inseridas, recentemente ele também passou a ter dificuldades de audição. “Agora também temos de escrever para que ele nos entenda”, contou.

Carlos Alberto disse também que diariamente Massami cola fotografias e descreve a que se refere em folhas de papel formato A-3. Ele crê que essas anotações, se vierem a ser editadas, podem compor diversos livros, desejo que o fotógrafo-cronista alimenta.

Obs.: a grafia correta é Masami. Mas, como o “s” entre vogais tem som de “z” na língua portuguesa, acostumou-se a grafar com “ss”.