PUBLICIDADE
InícioCIDADEDeic identifica seis envolvidos no roubo de quase 720 quilos de ouro

Deic identifica seis envolvidos no roubo de quase 720 quilos de ouro

Publicado em
PUBLICIDADE

A Polícia Civil de SP, por meio do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), identificou seis pessoas envolvidas no roubo de quase 720 quilos de ouro e 15 quilos de esmeraldas, ocorrido no dia 25 de julho no Aeroporto de Guarulhos. O grupo teve a prisão preventiva decretada pela Justiça, sendo que quatro já estão presos e dois foragidos.

As informações foram divulgadas nesta terça-feira (6), durante entrevista coletiva concedida pelos delegados Pedro Ivo Corrêa e João Carlos Miguel Hueb, da 5ª Delegacia, e Rogério Luiz Marques, da 3ª Delegacia, ambas da Divisão de Investigações sobre Furtos, Roubos e Receptações de Veículos e Cargas (Divecar).

 

“Trata-se de uma organização criminosa especializada, que se encontra no nosso radar de investigação. Tínhamos duas linhas de investigações, dos criminosos para o crime e vice e versa, que permitiram a identificação de alguns integrantes”, relatou Corrêa. A Polícia Civil apura a participação de 14 criminosos ao todo.

Três deles já haviam sido presos no início das investigações e na sexta-feira (2), durante diligência no Guarujá, o quarto suspeito foi detido. “Paralelamente achamos o local em que as falsas viaturas foram produzidas [um estacionamento na zona leste da Capital] e identificamos o proprietário, que está foragido”, explicou o delegado.

Delegados Pedro Ivo Corrêa, João Hueb e Rogério Luiz Marques falam à imprensa – Foto: Governo do Estado de São Paulo

De acordo com a decisão judicial que pediu a prisão dos acusados, eles combinaram que após repartir a quantia de ouro roubada tomariam rumo ignorado e poderiam inclusive sair do país para fugir da polícia.

“Na posse de tal numerário, conseguiriam rapidamente tomar rumo ignorado, impedindo a aplicação da lei penal. Aliás, não parece exagero imaginar que poderiam inclusive sair do país. De fato, tendo em vista toda a engenharia montada para colocar, em tese, em prática a ação criminosa, facilmente os investigados conseguiriam se afastar do distrito da culpa”, disse juiz Gilberto Azevedo de Moraes, de Guarulhos, em sua decisão.

De acordo com a polícia, os suspeitos identificados são mentores e alguns deles fazem parte do núcleo operacional da quadrilha. Ainda segundo o delegado Pedro Ivo Corrêa, o grupo é uma ramificação de uma organização maior com suspeita de participação em outros roubos. Diligências prosseguem em andamento.

Entenda o caso

Na tarde do dia 25 de junho, um grupo de criminosos invadiu o terminal de cargas do Aeroporto de Guarulhos e roubou 718,9 quilos de ouro e 15 quilos de esmeraldas. De acordo com o delegado que preside o inquérito, a ação foi planejada durante bastante tempo, inclusive com outras tentativas já realizadas.

Para isso, os ladrões renderam um representante da empresa transportadora da carga e sua família um dia antes e, no dia do assalto, chegaram no local em duas caminhonetes clonadas da Polícia Federal com a desculpa de que realizariam uma inspeção contra o tráfico de drogas.

Depois da ação criminosa, o grupo fugiu e realizou uma primeira parada na zona leste, onde passaram o ouro para outras duas caminhonetes – Frontier e Hilux. Na sequência, realizaram outro transbordo e fugiram em um veículo ainda não identificado. O funcionário e sua família soram soltos logo após o término da ação criminosa.

Segundo o inquérito, após a carga ter sido colocada na caçamba de uma caminhonete fraudada da Polícia Federal, os acusados se dirigiram até um imóvel situado na Zona Leste de São Paulo. Lá, a carga roubada foi transferida para outros dois veículos, com os quais os criminosos se dirigiram a um segundo imóvel na mesma região. Neste local, o ouro foi colocado dentro da ambulância.

*Com informações da Secretaria de Segurança Pública do Estado de SP e G1

Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE
Redes Sociais
28,870FãsCurtir
3,337SeguidoresSeguir
1,683SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever
PUBLICIDADE

Últimas publicações

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE