Coluna do Carleto – 20.09.2019

Pode isso, SDU?

Se fosse em um dos bairros da periferia, distantes de onde as autoridades passam, teria desculpa. Mas, isso está acontecendo em plena praça Getúlio Vargas, bem no coração da cidade. Uma auto-escola está se valendo do canteiro central da avenida Tiradentes para fixar esses estandartes, para chamar a atenção do público. Todo mundo vê: menos a fiscalização. Ou, se isso é permitido ou tolerado, então todos os estabelecimentos poderão fazer igual?

Quase valeu a bronca

A publicação, pelo Click Guarulhos, no domingo, de um muro quase caindo na Vila Moreira, fez com que mais algumas escoras fossem colocadas, além de uma fita colorida para sinalizar. Se contar em Lisboa que essa foi a providência tomada, vão morrer de rir.

Correndo por fora

O comerciante Valdir Pinto, da Rodacenter Centro Automotivo, vem há vários anos dedicando-se a diversos projetos sociais, com destaque para eventos do Rotary Club e, em especial, a Rotary Run, corrida cuja sétima edição acontece neste domingo, com saída e chegada no Bosque Maia.

Bom nome no páreo

Era natural que os partidos se interessassem por ele. Neste ano, ele filiou-se ao Partido Novo, convidou outras pessoas a ingressar, mas descartava concorrer à vereança. Cogitava-se que, antes, buscasse presidir a ACE – Associação Comercial e Empresarial de Guarulhos. Porém, devido à insistência de amigos descontentes com a mesmice na política local, ele acabou concordando em ser candidato a vereador. Na ACE, cujo prazo para inscrição de chapas termina na quarta-feira, 25/9, ele apoiará o vice-presidente de indústria, Vilson Caldas Luiz, conhecido como Wilsan. O edital está disponível no site da ACE.

Haverá consenso?

Na eleição da ACE de 2013, houve duas chapas, sendo uma encabeçada pelo então presidente, Jorge Taiar, e outra por Eduardo Caldas, filho de Wilsan. Foi um duro embate, com muitas rusgas durante a campanha, e Taiar foi reeleito. Em 2015, William Paneque conseguiu a pacificação, unindo os dois grupos e alçando Wilsan à vice-presidência. Desta vez, embora o prazo para registro de chapas seja exíguo, tem gente articulando a formação de um grupo para disputar a diretoria da entidade. O fato de Paneque ter sido nomeado na Prefeitura, antes como diretor e recentemente como secretário de Desenvolvimento Econômico, é um dos argumentos dos que não querem a continuidade.

“Não servirás a dois senhores”

O presidente da Câmara Municipal, professor Jesus, contou com muita torcida da empresária Fran Corrêa; para ele conquistar o cargo duas vezes, ela dirigiu orações e fez promessas para muitos santos e santas e a graça foi alcançada. No exercício da presidência, ele tem sido muito compreensivo com o prefeito Guti. O santo do prefeito também é forte. Imagine que num dia em que estavam previstas chuvas e trovoadas no Legislativo até a bomba d´água queimou e a sessão não pôde ser realizada. Haja fé! Fé demais até.

E no frigir dos ovos?

Pesquisas eleitorais não têm tido muita credibilidade ultimamente. Em 2016, Guti aparecia lá atrás, quase ninguém acreditava que ele pudesse ganhar. As redes sociais o ajudaram muito e ele virou o jogo. Porém, para que fortes candidatos a vereador se posicionem de um lado ou de outro, é fatal que irão monitorar-se por pesquisas, ainda que não sejam divulgadas. Se Guti estiver bem na fita, é muito provável que ex-aliados de Eli Corrêa Filho e de Fran estejam batalhando pela reeleição dele em 2020. Se as pesquisas indicarem o contrário, atuais parceiros do prefeito podem preferir bandear-se pro lado dela. E anote aí: vai ter gente que começará em um grupo e no meio do caminho mudará.

Bem que eu avisei!

No mandato anterior de deputado, sugeri a Eli Corrêa Filho DEM) que apresentasse projeto de lei para alterar as regras das loterias. Quando a Mega-Sena, por exemplo, acumulasse três vezes, na quarta acumulação o prêmio seria repartido por todos que tivessem acertado a quina. Seria uma forma de evitar concentração de renda na mão de poucos e, assim, esses muitos ganhadores teriam condições de fazer compras, ajudando a movimentar a economia. A ideia não foi adiante. Nesta semana, o prêmio acumulado de R$ 120 milhões saiu para um bolão de assessores de deputados do PT, em Brasília. Está vendo, deputado democrata: se tivessem posto em prática a sugestão, os petistas não estariam com os bolsos cheios agora. Ainda bem que foi um bolão: assim o valor será repartido entre várias pessoas.

João Dárcio quer levar Guti para o Podemos

Já que o PSB ficou marcado como partido de esquerda em 2018, principalmente pela insistência com que o então candidato João Dória buscou associar o concorrente Márcio França ao PT, o prefeito Guti cogita mudar de partido, buscando uma legenda mais ao centro. O Podemos, ao qual pertence o vereador João Dárcio e que teve o senador Álvaro Dias como candidato à Presidência, aglutinou o PHS, partido do ex-vereador e atual secretário de Governo, Edmilson Americano. JD, que foi aliado de Eli Corrêa em 2016, busca levar Guti para o Podemos. Pode ser bom para Guti, pois guardaria distância da esquerda e também de Bolsonaro, pois a popularidade do presidente não anda lá essas coisas. E pode ser ótimo para JD, pois aumentaria o cacife do partido e suas chances de reeleger-se. Ele foi candidato a deputado estadual em 2018 e o resultado foi bem aquém do esperado.

Prata da casa

O publicitário guarulhense Almir Nogueira Júnior, que, com os irmãos Alexandre e Sandro, foi estabelecido em Guarulhos nos anos 1990 com a rede de lojas Roma Vídeo, especializou-se no ramo automotivo e, neste ano, vem somando sucessivos sucessos com o Pregão de Vendas, mecanismo que tem sido utilizado pela GM e por concessionárias de várias marcas para alavancar o comércio de veículos novos e seminovos, oferecendo descontos e facilidades no financiamento. Há pouco mais de um mês, na Vigorito foram vendidos 81 carros em um só dia. No sábado, 14/9, as lojas do Autoshopping Guarulhos somadas venderam 80 carros. Neste fim de semana, o Pregão acontece em vários locais simultaneamente. Um deles, é a GM Dutra, na Vila Guilherme, que, aliás, é do empresário Miro Viana, também guarulhense.