Justiça Eleitoral: 190 mil pessoas ainda não fizeram o recadastramento biométrico em Guarulhos

Ministro Gilmar Mendes (STF) inaugura biometria em Diamantino-MT em 2018 - Foto: Roberto Jayme/Ascom/TSE

De acordo com a Justiça Eleitoral, cerca de 190 mil pessoas ainda não realizaram o recadastramento biométrico obrigatório em Guarulhos, tendo seu título de eleitor cancelado. Essas pessoas têm até abril de 2020 para regularizar a situação e ter o direito de votar nas eleições de outubro. Após o dia 06/05/2020, o sistema se torna indisponível devido aos preparativos para as eleições.

Para regularizar a situação é necessário comparecer ao cartório eleitoral munido de documento de identificação com foto e comprovante de residência. Além disso, é preciso realizar o pagamento de multa no valor de R$ 3,51 por turno de votação que tenha faltado.

É possível consultar a situação do documento aqui.

O cancelamento do título de eleitor pode causar diversas restrições ao eleitor, como o impedimento de obter passaporte ou carteira de identidade, obtenção de empréstimos, inscrições em concursos públicos, entre outras.