Ação integrada flagra crimes ambientais na Serra da Cantareira

Fotos: Divulgação/PMG

Segundo a Prefeitura de Guarulhos, uma nova ação de fiscalização integrada, ocorrida nesta quinta-feira (23), no Parque Estadual do Itaberaba, flagrou desmatamento e loteamento clandestino na região da Serra da Cantareira. Um dos responsáveis pela ação clandestina, que estava no local do desmatamento, foi notificado, tanto por órgãos municipais quanto estaduais, e vai responder a um processo administrativo que pode resultar em multas.

A ação foi conduzida por equipes das secretarias de Meio Ambiente e Justiça de Guarulhos, Fundação Florestal, Polícia Militar e GCM Ambiental.

A pasta de Meio Ambiente alerta que por se tratar de uma unidade de conservação todas as construções e loteamentos no local são crimes ambientais e podem ocasionar multas, apreensões e prisões. Qualquer cidadão pode denunciar crimes ambientais através do telefone 0800-772-2006. Não é necessário se identificar.

Parque do Itaberaba

O Parque do Itaberaba possui 15 hectares e fica entre os municípios de Arujá, Guarulhos, Nazaré Paulista e Santa Isabel. O local é um importante remanescente da Mata Atlântica, das Serras da Cantareira e Mantiqueira, abrigando grande biodiversidade e variada fauna regional.

Grupo de fiscalização integrada

O grupo de fiscalização integrada foi criado em outubro de 2019, durante uma reunião na sede da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, com o objetivo de conter as constantes invasões na região da Serra da Cantareira.

*Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Guarulhos