STMU prepara desvios no trânsito neste sábado na região da Paulo Faccini

 

Para evitar transtornos para as pessoas que não irão participar do tradicional bloco de carnaval da Banda Bicha, que acontece neste sábado (15), O ideal é que o motorista evite a avenida Paulo Faccini, entre as avenidas Monteiro Lobato e Tiradentes, finalizando na Papa João XXII, entre 10h e 22h. O público estimado é de 50 mil pessoas. Neste ano o evento conta com a presença da cantora Cláudia Leite.

A partir das 12h começa a concentração e as equipes de trânsito da STMU irão bloquear a avenida Monteiro Lobato no trecho compreendido entre as ruas Francisco Santana e do Rosário. Neste momento, os desvios para carros, no sentido bairro/Centro, serão feitos pela avenida Papa Pio XII, enquanto os ônibus seguirão percurso pela rua José Campanella, pela avenida Antônio de Souza e pela rua Padre Celestino. No sentido contrário, Centro/bairro, o desvio será único: rua Francisco Santana, avenida Antônio de Sousa, rua Kida e avenida Monteiro Lobato.

O início do desfile do bloco está previsto para 14h com a interdição da avenida Paulo Faccini, sentido Centro/bairro, com desvios alternativos pela travessa do Rosário, Rua Silvio Barbosa, além de todos os seus retornos e acessos. Neste momento, o fluxo de veículos da avenida Tiradentes será desviado pelas avenidas Doutor Renato de Andrade Maia (bairro/Centro) e Paulo Faccini, que estará liberada no sentido Centro/bairro.

A chegada do bloco ao Bosque Maia está prevista para as 19h. A dispersão deve acontecer até as 22h, com a possibilidade de haver bloqueio da avenida Paulo Faccini, sentido bairro/Centro, no entroncamento com a avenida Salgado Filho (nas proximidades do hipermercado Extra). Neste horário, o fluxo de trânsito seguirá, se for o caso, pela avenida Salgado Filho.

Estrutura

Na manhã desta sexta-feira (14) os organizadores da Banda Bicha se reuniram no Paço Municipal com os secretários de Governo, Edmilson Americano, e de Desenvolvimento Urbano, Jorge Taiar, além de representantes de outros setores da administração, como Turismo, Cultura, Trânsito e Segurança Pública para tratar dos últimos detalhes em relação ao desfile deste sábado. Apesar de a Prefeitura não investir um centavo de dinheiro público no evento, bancado inteiramente pela iniciativa privada, a municipalidade irá colaborar com a infraestrutura necessária para ajudar no trânsito e segurança dos foliões e da população que não irá participar do evento.

A organização informou que cerca de 1.100 pessoas trabalharão na segurança e apoio ao desfile. Na área de segurança haverá certa de 300 agentes de segurança privados, 350 policiais militares, 40 guardas civis municipais, além de duas motos do Samu de apoio e cinco ambulâncias particulares, sendo duas UTIs. As ações incluirão ainda fiscalização a comércio clandestino de comidas e bebidas e equipes de limpeza, com o apoio da Secretaria de Serviços Públicos e da Proguaru.