Jardim Guilhermino reclama de mato na calçada

O mato que toma conta de uma boa parte da calçada da Avenida José Miguel Ackel, na altura do 2.600, incomoda pessoas que passam por ali a pé. “Passo de segunda a sexta-feira ali com meu filho e, praticamente, precisamos andar disputando espaço com os carros, devido a tanto mato! E muita gente aproveita para jogar lixo e deixar oferendas, o que causa muito mau cheiro”, desabafa uma internauta.

Ela acrescenta que o matagal propicia o aumento de focos de escorpiões que têm preocupado moradores do bairro.

A demanda foi encaminhada à Proguaru. Segue a resposta da empresa:

“A Gerência de Comunicação da Proguaru informa que a empresa realizará uma vistoria na avenida José Miguel Ackel para em seguida programar o serviço.”