Centro de Triagem no Cecap terá tomógrafo para resultado rápido de covid-19

 

Em transmissão ao vivo no fim da tarde deste domingo, 22, o prefeito Guti e o secretário de Saúde, José Mário, anunciaram que na sexta-feira, 27, estará em funcionamento o Centro de Controle do Coronavírus, que está sendo instalado no Parque Cecap.

O secretário informou que esse centro contará com um tomógrafo, equipamento necessário para fazer o exame que comprova rapidamente se a pessoa está mesmo infectada ou não, após ter sido feito o teste primário no drive-thru que aponte suposta contaminação.

Sem perigo para o Cecap

Guti e José Mário procuraram tranquilizar a população do Parque Cecap, quanto ao temor que vários moradores manifestaram de que a instalação desse centro de controle no bairro ofereça risco de transmissão do vírus a quem reside nos apartamentos. O Parque Cecap tem 4.680 apartamentos e população estimada em 18 mil pessoas, além do novo conjunto construído entre o clube e a ABB.

José Mário explicou que o vírus só é transmitido a pequena distância, não fica se propagando pelo ar, não tem como afetar quem estiver passando pela rua ou dentro dos apartamentos. “Se alguém espirrar perto de você, tossir, tiver contato, nas mãos, num beijo, tocando no seu celular, pode transmitir”, explicou o médico.

Um receio manifestado ao Click Guarulhos por moradores do Cecap é quanto ao aumento da circulação de pessoas pelas padarias e supermercado locais, que tende a acontecer com o funcionamento do Centro de Triagem no bairro, até mesmo por conta das pessoas que trabalharão no atendimento.

Comércio

Guti agradeceu a compreensão que a grande maioria dos comerciantes está tendo, mas acentuou que muitos estabelecimentos, como bares, que deveriam estar fechados neste fim de semana, insistiram em permanecer abertos. Uma força-tarefa da Secretaria de Desenvolvimento Urbano percorreu vários locais, orientando os comerciantes a baixarem as portas.

A partir desta segunda-feira, no entanto, a força-tarefa da SDU passará a multar quem desobedecer o Decreto. “Nós não queremos multar ninguém, mas precisamos da colaboração de todos. Quem não entender, infelizmente terá de ser responsabilizado”.

Casos

Segundo o secretário, Guarulhos continua com 5 casos confirmados, 32 descartados e 400 aguardando resultado.