Brasil tem 2.915 infectados e 77 mortes por covid-19; internados em UTI disparam em SP: 84

 

A pandemia provocada pelo novo coronavírus, antes concentrada nos estados de SP e RJ, alastrou-e pelo Brasil e os novos números já apontam 2.915 pessoas infectadas e um total de 77 mortos, 20 apenas de quarta para quinta-feira. O aumento do número de casos foi percentualmente menor do que em dias anteriores, muito provavelmente graças a quase 80% da população de vários estados ter atendido a orientação de isolamento.

No Estado de São Paulo, são 862 os casos confirmados, com 48 mortes. Em dois dias, o número de pessoas internadas em UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) subiu 42%: agora são 84 pessoas em estado grave, segundo o secretário estadual da Saúde, José Henrique Germann.

No mundo todo, houve aumento de 100 mil casos em apenas dois dias, o que fez acender o sinal de alerta na Organização Mundial da Saúde, segundo a qual, se os governos dos países não tomarem medidas drásticas, milhões de pessoas poderão morrer.

O falecimento de uma jovem saudável, de 21 anos, no Reino Unido, preocupa as autoridades sanitárias, por concluírem que o vírus é mais letal para os idosos e pessoas com doenças preexistentes, mas também ataca jovens e pode levá-los à morte.

São dados cruéis, podem parecer sensacionalismo, mas sua divulgação é importante para conscientizar as pessoas de que o problema é, de fato, muito grave e exige participação de todos nos cuidados para evitar a proliferação, principalmente que ela não aconteça de forma rápida, pois, do contrário, não haverá estrutura para atendimento de todos os doentes.