Munícipe questiona se pavimentar ruas é essencial no momento; Prefeitura afirma que sim

 

Um internauta enviou fotos de serviço de recapeamento sendo executados na rua Sete de Setembro, no Centro de Guarulhos, e disse entender que não seria algo essencial, na atual situação, em que é recomendando que as pessoas se recolham, para evitar contaminação pela covid-19. Ele observou que os trabalhadores não estavam usando máscaras de proteção.

Enviado o questionamento à Assessoria de Imprensa, veio a resposta:

“A Secretaria de Obras esclarece que as obras contratadas são necessárias e não podem parar, e que orientou os prestadores de serviço a não utilizarem como mão de obra pessoas que estejam dentro do perfil de risco, ou seja com mais de 60 anos e/ou que tenham doenças pré-existentes. Com relação aos equipamentos de proteção, esclarece que os mesmos são obrigatórios e que a empresa responsável pelos trabalhos de pavimentação da rua Sete de Setembro (Centro) irá reorientar seus funcionários.”

Diversas vias da cidade estão sendo recapeadas

A Prefeitura de Guarulhos, por meio do programa de melhoria de infraestrutura da cidade, realiza o recapeamento e pavimentação de diferentes vias por meio da Secretaria de Obras. Os trabalhos não param e alguns deles são executados, inclusive durante a noite, quando o baixo fluxo do trânsito permite desenvolver com mais tranquilidade esse trabalho. Além disso, em razão da pandemia, as empresas foram orientadas para que seus funcionários trabalhem com equipamentos de segurança e não sejam do grupo de risco (mais de 60 anos e problemas de saúde).

Um desses casos é o da rua Sete de Setembro, no Centro. Essa via já foi recapeada e aguarda apenas os trabalhos de sinalização viária para ser concluída. As intervenções foram realizadas num trecho de 450 metros, entre a rua Engenheiro Prestes Maia e a praça do Rosário. A empresa contratada foi a Paupedra Pedreiras, Pavimentações e Contratações Ltda., pelo valor de R$ 160.439,04.

A pavimentação da estrada dos Veigas, no Recreio São Jorge, está em andamento. A empresa Ideal Terraplanagem Ltda. está realizando a pavimentação com blocos de concreto intertravado, drenagem, guias, sarjetas, passeio em concreto e acessibilidade, entre a avenida Silvestre Pires de Freitas e a rua Santina, numa extensão de 903 metros. O valor da obra é de R$ 3.786.709,12.

Estrada dos Veigas

Na avenida Capitão Aviador Walter Ribeiro, no Jardim Cumbica, a empresa Oestevalle Construções e Saneamento Ltda. está executando obras de recuperação de pavimento, recapeamento asfáltico e recomposição de guias, sarjetas e passeio em concreto num trecho compreendido entre as avenidas Monteiro Lobato e Sargento da Aeronáutica Damião Lins de Vasconcelos, com 456 metros e investimento de R$ 600.592,40.

Já a avenida Dr. Renato de Andrade Maia, no Parque Renato Maia, passa por obras de recuperação de pavimento, recapeamento asfáltico e recomposição de guias, sarjetas e passeio em concreto, entre as avenidas José Moreira da Costa e Tiradentes, em uma extensão de 1.678,5 metros. A empresa responsável pela obra é a Paupedra Pedreiras, pelo custo de R$ 2.425.433,92.

Av. Dr. Renato de Andrade Maia

Fotos: Nicollas Ornelas e Sidnei Barros/PMG