Guti prepara novo decreto e cogita que comércio funcione das 10h às 16h

 

Durante a “live” transmitida na noite desta segunda-feira, o prefeito de Guarulhos, Guti, voltou a falar sobre os estudos que estão sendo concluídos para permitir a volta do funcionamento de mais atividades comerciais, porém de forma a não comprometer o êxito de todas as outras medidas tomadas para conter a propagação do novo coronavírus.

Ele argumentou que as decisões precisam ser em consonância com as da Capital e de cidades vizinhas, para que uma não prejudique as demais. Depois de dialogar com diversos setores, Guti afirmou que o decreto está quase pronto, mas que ainda não pode adiantar muitos pontos, a não ser o de que o horário precisará ser restrito até que a situação se normalize, principalmente para evitar a hora de pico no transporte coletivo. A intenção é que não coincida com o turno da indústria. Nesse sentido, a ideia é de que o comércio atenda das 10h às 16h.

Reforçou, entretanto, que tudo terá de ser feito com muito cuidado, respeitando todos os protocolos de proteção individual. Deixou claro que, se após a flexibilização que se cogita fazer, houver um aumento do número de casos superior à capacidade de atendimento do sistema de saúde, pode ser que tenha de dar um passo atrás, revogando o que tiver sido autorizado até então.