Audiodescrição como inclusão social terá bate-papo on-line nesta terça

 

O projeto Diálogos Acessíveis, iniciado no mês de julho pelo Sesc Guarulhos, propõe a reflexão sobre temas relacionados à inclusão da pessoa com deficiência, como acessibilidade, garantia de direitos e o exercício da cidadania, manifestadas na diminuição de barreiras comportamentais, comunicacionais, culturais e físicas para sua participação plena em sociedade. 

No mês de julho, o projeto trouxe o bate-papo Deficiência Visual e Protagonismo Social, que promoveu uma reflexão sobre a importância da inclusão da pessoa com deficiência visual e seu empoderamento. A atividade está disponível na página do Sesc Guarulhos no Youtube. Nesta terça-feira, 18, o projeto traz o bate-papo Audiodescrição como ferramenta de inclusão sociocultural, a partir das 18h30, transmitido pelo YouTube. 

De acordo com o IBGE, o Brasil tem mais de 6 milhões e 500 mil pessoas com deficiência visual. Destas, cerca de 580 mil são cegas, e aproximadamente 6 milhões possuem baixa visão. Com recursos acessíveis limitados no País, a vida dessa grande parcela da população apresenta muitos desafios. Um dos desafios é o acesso a produções culturais. Filmes, teatro, espetáculos de dança e circo, por exemplo, utilizam a imagem como forma de expressão. Uma forma de permitir o acesso destas pessoas a estas expressões artísticas é a audiodescrição, um recurso que traduz imagens em palavras, permitindo que pessoas cegas ou com baixa visão consigam compreender conteúdos audiovisuais ou imagens estáticas. Neste bate-papo, a pedagoga e audiodescritora Araçari Teixeira apresenta o conceito e benefícios dos serviços e tecnologias utilizadas na audiodescrição como recurso de acessibilidade cultural. 

Araçari Teixeira é pedagoga, audiodescritora e professora do Atendimento Educacional Especializado da Rede Municipal de Guarulhos. É idealizadora do Projeto Clarear Guarulhos, movimento formado por um grupo de amigos que trabalha a inclusão cultural das pessoas com deficiência, de forma a garantir a participação e o entendimento em eventos culturais, principalmente das pessoas com deficiência visual, através dos serviços de audiodescrição.

Áudiodescrição como ferramenta de inclusão sociocultural

Com Araçari Teixeira. Mediação: Fernanda Figueiredo Beda

Dia 18/8, terça, às 18h30

Transmissão pelo YouTube

A atividade terá tradução em Libras, audiodescrição e legenda descritiva para pessoas com deficiência auditiva.

SESC GUARULHOS

A unidade de Guarulhos, situada na rua Guilherme Lino dos Santos, nº 1.200, Jardim Flor do Campo, está temporariamente fechada em razão da pandemia causada pelo novo coronavírus.

Redes sociais:

facebook.com/sescguarulhos

twitter.com/sescguarulhos

instagram.com/sescguarulhos

youtube.com/sescguarulhosoficial

Portal Sesc:

www.sescsp.org.br/guarulhos

+ SESC NA QUARENTENA

Durante o período de distanciamento social, em que as unidades do Sesc no estado de São Paulo permanecem fechadas para evitar a propagação do novo coronavírus, um conjunto de iniciativas garante a continuidade de sua ação sociocultural nas diversas áreas em que atua. Pelos canais digitais e redes sociais, o público pode acompanhar o andamento dessas ações e ter acesso a conteúdos exclusivos de forma gratuita e irrestrita.  Confira a programação e fique #EmCasaComSesc.