São Paulo oferece vagas gratuitas em cursos tecnológicos para mulheres

São Paulo - Daiane Araújo dos Santos (D), coordenadora do projeto de redes, Fabrício Silva Santos (C), da equipe do grupo de estudos e Josiane dos Santos Oliveira (E), coordenadora do grupo de informática, na Casa dos Meninos.
 

O governo de São Paulo abriu hoje (31) 20 mil vagas exclusivamente para mulheres que queiram fazer cursos na área de tecnologia da informação (TI). Os cursos são online e gratuitos e poderão ser feitos por mulheres que residam em algum dos 645 municípios do estado. As inscrições devem ser feitas até o dia 4 de setembro.

Estão sendo oferecidas quatro opções de cursos introdutórios, que serão ministrados por meio da plataforma da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp). Os cursos têm duração de 80 horas e podem ser concluídos em três meses. As opções são cursos de lógica de programação, banco de dados, desenvolvedor web e desenvolvedor mobile.

As inscrições podem ser feitas no site www.cursosviarapida.sp.gov.br. Podem se inscrever candidatas a partir de 16 anos, alfabetizadas e domiciliadas no estado de São Paulo. Caso o número de inscritas seja superior ao de vagas, terão prioridade as pessoas desempregadas, com baixa renda e com deficiência.

A convocação das candidatas será por e-mail, e a previsão de início das aulas é 14 de setembro. Para receber o certificado, a estudante deve completar a carga horária total do curso e atingir nota média de 7,5 nas avaliações.

Curso avançado

Além de oferecer as 20 mil vagas, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico firmou parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) para disponibilização de 500 vagas em cursos avançados, preferencialmente para mulheres.

Os cursos são em diversas áreas de TI, com duração de 40 e 200 horas. As aulas virtuais serão ao vivo, com material didático e vinculados a uma unidade fixa do Senac. A preferência é para mulheres que já tenham feito os cursos virtuais introdutórios.

*Com informações da Agência Brasil