Registro Civil aponta expressivo aumento no número de óbitos em 2020

 

O site Transparência Registro Civil aponta, mês a mês, todos os registros de nascimentos, casamentos, separações e óbitos, cidade por cidade, estado por estado e os de todo o Brasil.

Comparando os números de mortes registrados de janeiro a agosto de 2019 com os de 2020, chega-se à conclusão de que o aumento de óbitos deste ano é próximo do que é atribuídos pelos governos das três esferas à covid-19.

Em 2019, foram 832.995 óbitos no Brasil. Em 2020, são 955.107, além de alguma defasagem porque sempre há registros que são feitos tardiamente. A diferença é de 122.152 a maior em 2020. As mortes atribuídas à covid no país são 121.515 até 31 de agosto.

No Estado de São Paulo, em 2019 foram 213.024 mortes registradas de janeiro a agosto. Em 2020, são 240.102, diferença a maior de 27.078. Os óbitos atribuídos à covid são 30.014.

Em Guarulhos, foram registradas 5.084 mortes de janeiro a agosto de 2019. Em 2020, são 6.262 óbitos. A diferença é de 1.178. O número de mortes atribuídas à covid na cidade é de 1.253.