Covid em SP: caem números de novos casos, de óbitos e de pessoas internadas; sobe o de recuperados

 

O Estado de São Paulo registra neste domingo (13) 32.606 óbitos e 892.257 casos confirmados do novo coronavírus. 

Entre o total de casos diagnosticados de covid-19, 743.529 pessoas estão recuperadas, sendo que 98.793 foram internadas e tiveram alta hospitalar. As taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 51,4% na Grande São Paulo e 51,6% no Estado. O número de pacientes internados é de 10.512, sendo 5.990 em enfermaria e 4.522 em unidades de terapia intensiva, conforme dados das 10h30 deste domingo.

Todos os 645 municípios do Estado têm pelo menos uma pessoa infectada, sendo 552 com um ou mais óbitos. A relação de casos e óbitos confirmados por cidade pode ser consultada em: www.saopaulo.sp.gov.br/coronavirus.

Comparando com dados das semanas anteriores

O Click Guarulhos comparou os números divulgados neste domingo pela Secretaria de Estado da Saúde com os de uma semana atrás (6/9) e com os do domingo anterior (30/8). Acompanhe:

Casos confirmados: 39.172 novos casos entre 6/9 e 13/9.
Na semana anterior, haviam sido 49.681.

Mortes atribuídas à covid-19 entre 6/9 e 13/9: 1.293.
Na semana anterior, haviam sido 1.335

Pacientes recuperados entre 6/9 e 13/9: 63.312.
Na semana anterior, haviam sido 55.014

Pacientes internados: redução de 426.
Na semana anterior, a redução havia sido de 448.

Conclusão

Conclui-se que a situação é menos grave agora do que foi há 14 dias. Resta aguardar o próximo fim de semana, quando se poderá verificar se as aglomerações vistas no feriado de 7 de setembro terão resultado em aumento expressivo ou não do número de casos de covid no Estado.


                    
Perfil da mortalidade (dados de 13/9)

Entre as vítimas fatais estão 18.850 homens e 13.756 mulheres. Os óbitos continuam concentrados em pacientes com 60 anos ou mais, totalizando 76,2% das mortes. Observando faixas etárias, nota-se que a mortalidade é maior entre 70 e 79 anos (8.315), seguida pelas faixas de 60 a 69 anos (7.682) e 80 e 89 anos (6.609). Entre as demais faixas estão os: menores de 10 anos (39), 10 a 19 anos (59), 20 a 29 anos (268), 30 a 39 anos (932), 40 a 49 anos (2.161), 50 a 59 anos (4.326) e maiores de 90 anos (2.215).Os principais fatores de risco associados à mortalidade são cardiopatia (59,3% dos óbitos), diabetes mellitus (43,1%), doenças neurológicas (10,9%) e renal (9,5%), pneumopatia (8,2%). Outros fatores identificados são obesidade (7,6%), imunodepressão (5,7%), asma (3%), doenças hepáticas (2,1%) e hematológica (1,8%), Síndrome de Down (0,5%), puerpério (0,1%) e gestação (0,1%). Esses fatores de risco foram identificados em 26.151 pessoas que faleceram por covid-19 (80,2%). 

Perfil dos casos (dados de 13/9)

Entre as pessoas que já tiveram confirmação para o novo coronavírus estão 416.419 homens e 469.774 mulheres. Não consta informação de sexo para 6.064 casos.A faixa etária que mais concentra casos é a de 30 a 39 anos (211.227), seguida pela faixa de 40 a 49 (185.960). As demais faixas são: menores de 10 anos (21.223), 10 a 19 (41.018), 20 a 29 (149.175), 50 a 59 (134.713), 60 a 69 (81.336), 70 a 79 (41.413), 80 a 89 (19.863) e maiores de 90 (5.862). Não consta faixa etária para outros 467 casos.