Queixa contra GCM: Sindicância conclui que não houve transgressão

 

Em 6 de agosto, publicamos queixa de pessoas em situação de rua, que viviam na rua Stéfano Soncini, Bom Clima, proximidades do HMU, referente a ação da GCM. A acusação era de que, ao fazer rondas pelo local, guardas apossavam-se dos pertences desses moradores, inclusive alimentos. Em vídeo (segue abaixo), denunciante citava agressão, sem detalhar o que teria acontecido. A ocorrência a que se referia teria sido no dia 30/07.

Encaminhado o caso à Assessoria de Imprensa da Prefeitura, foi respondido que a reclamação seria apurada.

Nesta semana, recebemos a conclusão da Sindicância, que reproduzimos:

“A Corregedoria da Guarda Civil Municipal informa que apurou os fatos narrados na denúncia recebida por e-mail em 6 de agosto de 2020 (vídeo em anexo) tratada pela Comissão Sindicante no Processo Administrativo nº 28.502/2020-SASP02  e agora finalizada. Esclarece que em que pese os fatos alegados na denúncia, os documentos juntados, bem como as oitivas realizadas, a Comissão Sindicante não encontrou indícios de transgressão disciplinar praticada por integrante da Guarda Civil Municipal. Dessa forma, o Processo Administrativo nº 28.502/2020-SASP02 foi arquivado, por falta de elementos indicativos de materialidade.”