Por que o Pilates é preferido em relação à ioga?

 

Pesquisas realizadas no Reino Unido mostram que 70% da população que vive na região têm preferido praticar o Pilates, em detrimento da ioga. De acordo com o levantamento, a preferência acontece em pessoas que frequentam regularmente academias e praticam exercícios físicos no cotidiano.

O levantamento questionou os entrevistados para entender por que o Pilates era o preferido. A resposta mais comum foi que o Pilates “é mais dinâmico” e “é mais adequado para quem deseja perder peso e tonificar o corpo”.

Vários dos entrevistados afirmaram que o Pilates “parece um treino adequado”, enquanto outros sugeriram que era uma forma mais “divertida” de aumentar a frequência cardíaca. Em suma, é uma atividade mais impactante para o corpo.

Outra resposta dada com frequência é que o Pilates é mais benéfico para pessoas que estão lutando contra uma lesão, particularmente aquelas que sofrem regularmente de dores nas costas, problemas no pescoço, rigidez nos ombros e lesões relacionadas ao quadril.

Segundo Inelia Garcia, diretora do The Pilates Studio Brasil e responsável pela formação de professores no método clássico no Brasil, no Chile e em Portugal, “a modalidade melhora a capacidade cardiorrespiratória, favorece a autoestima e a motivação, uma vez que envolve princípios que propõem a perfeita coordenação entre corpo, mente e espírito”, disse à revista Saúde.

Para praticar a ioga, é preciso muita concentração ao correto alinhamento corporal durante as posições, e a supervisão de um mestre experiente. O objetivo é aumentar a flexibilidade e a paciência. A prática ajuda a diminuir o stress, proporciona um melhor equilíbrio emocional, melhora os problemas de insônia e depressão, a postura e o fortalecimento muscular.

Essas informações fornecem um cenário interessante para entender por que as pessoas preferem o Pilates, não a ioga. Mas vale destacar que a popularidade dessas duas abordagens aumentou significativamente nos últimos anos. Outras pesquisas podem ser encontradas em sites como Jornal365.com .

Para além dos benefícios físicos, há também uma onda incentivada por celebridades e famosos, com postagens nas redes sociais e ações promocionais, que incentivam a prática do Pilates e da ioga.

Com ioga e Pilates em alta, é importante que pessoas tenham contato com profissionais que saibam ministrar aulas e oferecer bons exercícios, sempre respeitando os limites de cada um.