Mulheres dominam novos negócios abertos durante a pandemia

 

Na semana em que é celebrado o Dia do Empreendedorismo Feminino, a startup de educação financeira Me Poupe! apresenta pesquisa inédita realizada em parceria com a Toluna, fornecedora líder de insights do consumidor sob demanda, com elaboração da consultoria de insights aplicados IMO Insights. Realizado em todo o Brasil entre 9 e 12 de novembro de 2020, com mais de mil respondentes, o estudo aponta, entre outros dados, que 58% dos negócios iniciados durante a pandemia são comandados por mulheres.

Elas também estão empreendendo mais do que antes: entre os negócios comandados por mulheres, 45% têm até um ano de existência. Empreendimentos com menos de 6 meses representam 28% do total de negócios comandados por elas. Entre homens empreendedores esse valor é de 23% para o mesmo período. Passagem por um longo período de desemprego foi apontado como principal incentivo para abrirem o próprio negócio por 24% delas. 

O estudo mostra, ainda, que mulheres tendem mais a começar a empreender sozinhas. Enquanto 77% dos homens iniciaram seus negócios com um sócio, para mulheres esse número cai para 72%. 

Para Nathalia Arcuri, fundadora da Me Poupe!, esses dados mostram o quanto as mulheres estão conquistando cada vez mais espaço. “Precisamos incentivar ainda mais o empreendedorismo feminino, apoiar as mulheres que já deram esse passo. Quanto mais mulheres tiverem sucesso, mais mulheres terão exemplos para se espelhar”, afirma.

Nathalia, que começou a Me Poupe! sozinha, em, 2015, apenas com uma câmera e sua colher de pau – a Margarete -, hoje comanda uma empresa com mais de 50 colaboradores e que faturou 22 milhões em 2019. “Não foi fácil e geralmente não é. No começo as pessoas achavam que eu era louca de largar um emprego estável na TV, que pagava dois dígitos, para empreender. Ouvi e falei muitos nãos. Mas eu estava focada no meu propósito. Hoje a Me Poupe! impacta 21 milhões de pessoas todos os meses, ajudando-as a transformar suas vidas por meio da liberdade financeira. E isso faz toda dificuldade valer a pena”, completa a especialista.

Arcuri é uma grande incentivadora do empreendedorismo. Ela encabeça e apresenta a série “Mulheres que Mudam o Mundo”, do YouTube Originals, que tem como objetivo mostrar histórias de grandes empresárias, mulheres que conquistaram o sucesso profissional saindo do zero, e também abre espaço para pequenas e microempreendedoras fazerem uma consultoria com ela, que também é especialista em finanças. A série, cujo piloto foi ao ar no início do ano e contou a história de Zica Assis, uma das fundadoras do Beleza Natural, ultrapassou a marca de 20 milhões de visualizações na plataforma e terá novos episódios a partir do dia 16 de dezembro. A Me Poupe! também criou a plataforma SOS Me Poupe!, focada em ajudar pequenos e microempreendedores, profissionais autônomos e informais a sobreviverem à crise causada pela pandemia. Já são mais de 33 mil negócios cadastrados na plataforma, que além de servir como vitrine virtual para toda a audiência da Me Poupe!, que ultrapassa 21 milhões de pessoas todos os meses, também oferece conteúdos e ferramentas para facilitar e otimizar a saúde financeira dessas empresas. 

Sobre a Me Poupe!

Me Poupe! é a primeira plataforma de entretenimento financeiro do mundo. Fundada pela especialista em planejamento financeiro pelo Insper, Nathalia Arcuri – CEO e diretora de conteúdo da startup. A empresa abrange o canal Me Poupe! no YouTube, cursos de finanças, o livro “Me Poupe! 10 passos para nunca mais faltar dinheiro no seu bolso”, o podcast Poupecast, o programa Me Poupe 89!, na Rádio Rock, e conteúdos gratuitos sobre educação financeira no blog e redes sociais. A Me Poupe!, que impacta diretamente mais de  21 milhões de pessoas por mês, atingiu 22 milhões de faturamento em 2019 e foi considerada uma das 100 marcas mais lembradas durante a pandemia.