Sua empresa pode estar pagando mais impostos do que deveria

 

A Manah Consultoria surgiu para atender clientes que buscam soluções disruptivas, modernas e personalizadas, oferecendo serviços de gestão tributária de forma completa, abrangendo desde mapeamento dos processos fiscais, parametrização de sistemas e apuração dos impostos, à entrega das obrigações acessórias aos órgãos governamentais, através de profissionais especializados.

“Visamos também a implantação de projetos fiscais e o treinamento direcionado à atividade-fim de cada cliente, com o levantamento de créditos fiscais”, informa Adriana Rodrigues, diretora da empresa. Segundo ela, mantém parcerias com especialistas de diversos segmentos, para proporcionar aos clientes o melhor atendimento e a solução para a gestão estratégica de cada empresa. “Atualmente estamos com parceria forte com a empresa de software de compliance fiscal Avalara e com a empresa ITS Group, sediada no Rio Grande do Sul, que implementa ERP SAP S4/Hanna”, complementa.

“Oferecemos serviços cuja finalidade é melhorar a qualidade dos processos de negócios de cada cliente, com profissionais especializados em inteligência fiscal eletrônica e conhecimento técnico operacional em diversos segmentos de mercado”, relata.
Quanto a créditos tributários, diz que uma estrutura tributária complexa pode fazer com que a empresa pague mais em impostos do que deveria pagar. “Levantamentos de Crédito Tributário podem gerar valores surpreendentes para o seu negócio. Com base na legislação vigente, fazemos análise e revisão de todo o processo, para identificarmos possíveis créditos para recuperação”, comenta.

A diretora Adriana Rodrigues

“A recuperação de crédito tributário em qualquer regime de tributação, a exemplo do Simples Nacional, ocorre quando o contribuinte tem o direito de receber de volta os valores dos tributos pagos indevidamente ou a maior, através da restituição ou da compensação. No caso das empresas enquadradas no Simples Nacional, essa recuperação pode se dar através do levantamento dos produtos (NCM) que estão enquadrados como monofásicos para o PIS e a Cofins e ou em substituição tributária para o ICMS, por exemplo”, explica. Após identificar todos os produtos e valores, o próximo passo é retificar os últimos cinco anos da PGDAS, o que irá gerar a opção de restituição e ou de compensação.

Muitas empresas não conseguem fazer esse trabalho devido à quantidade de produtos comercializados e a identificação da tributação para cada item. Nesse sentido, uma consultoria tributária assessorada por advogados tributaristas e com ferramenta de negócio específico, pode efetuar esse levantamento em tempo reduzido, podendo gerar para a empresa: 1) Melhoria no fluxo de caixa devido à recuperação de valores pagos indevidamente; 2) Maior competitividade e 3) Aumento na lucratividade e no valor do seu negócio.

Adriana cita alguns exemplos de atividades enquadradas no Simples Nacional das quais tem clientes que obtiveram expressivas reduções: autopeças, revenda de pneus, farmácias e drogarias, bares e restaurantes. Mas, ressalta que nos outros regimes tributários há inúmeras situações nas quais é possível recuperar o que foi pago a mais.

Serviço:
Para mais informações sobre recuperação tributária,
Adriana Rodrigues mantém o blog:
www.manahconsultoria.com.br

Telefones para contatos:
(11) 2358-2235
(11) 98558-8730

Facebook: manahconsultoriafiscal
Instagram: manahconsultoria
LinkedIn: /company/manah-consultoria-e-serviços