Prefeitura autua e fecha local usado para baladas na Ponte Grande no fim de semana

 

Neste final de semana (de 15 a 17 de janeiro) a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (SDU) de Guarulhos autuou um conhecido complexo esportivo privado  na Ponte Grande que vinha sendo constantemente denunciado pela população. O local, que conta com restaurante, bar, quadras esportivas e promove shows, foi autuado e teve de encerrar suas atividades no dia.

Os fiscais da SDU orientaram os responsáveis pelo local sobre as medidas de segurança e higiene que devem ser adotadas e continuarão realizando fiscalizações no local para garantir que as diretrizes sejam seguidas.

Dos 38 estabelecimentos fiscalizados neste final de semana, 11 foram autuados e quatro tiveram de interromper suas atividades no dia. Outros dois foram lacrados, todos por desrespeito às determinações municipais para contenção do coronavírus, como horário de funcionamento e aglomerações e por conta de perturbação do sossego.

Para o secretário Bruno Gersósimo, é necessário intensificar a fiscalização, já que os números estão voltando a crescer. “Estamos passando um período muito difícil novamente, com aumento de casos e hospitais próximos da lotação por conta das festas de final de ano. A população e também os donos de estabelecimentos precisam se conscientizar sobre a batalha que estamos enfrentando”, comentou.

Aos finais de semana e sempre que necessário, as equipes da SDU contam com reforço da Guarda Civil Municipal (GCM) e, no domingo (17), a Força Tática da Polícia Militar também esteve presente para auxiliar nas ações.

Denúncias

De acordo com as determinações atuais da fase amarela do Plano São Paulo, na qual Guarulhos está inserida, todos as atividades podem funcionar com capacidade limitada a 40% de ocupação com funcionamento máximo de 10 horas por dia, sendo o limite de atendimento presencial até as 22h. Bares podem atender de forma presencial somente até as 20h.

Qualquer estabelecimentos que não estão cumprindo as determinações de suspensão das atividades ou sobre medidas de segurança e higienização podem ser denunciados pelos números 153 ou  2453-6700 / 6701 / 6705.