Sem garantia de mais vacinas, Guarulhos usará apenas metade das doses recebidas

 

Por conta das incertezas geradas pelos problemas com a importação de insumos e imunobiológicos, Guarulhos utilizará apenas metade das 13.680 vacinas CoronaVac recebidas na tarde desta quarta-feira (20). A decisão tem por objetivo garantir a aplicação da segunda dose e, consequentemente, evitar a perda do lote inteiro caso a cidade não receba nova remessa do imunizante em tempo hábil para completar o esquema vacinal desse primeiro grupo que está sendo vacinado.

Entregues em um depósito no Taboão, as 13.680 doses de CoronaVac começaram a ser distribuídas logo em seguida aos hospitais municipais, onde a imunização dos profissionais que neles atuam teve início na noite de quarta-feira. O prefeito Guti acompanhou a chegada das vacinas e disse que a previsão é finalizar a administração dessas doses até a próxima terça-feira (26), contemplando também os indígenas acima de 60 anos cadastrados no município nesta primeira etapa.

Já o secretário da Saúde, José Mario Stranghetti Clemente​, explicou que a decisão tomada nesta quinta-feira de utilizar apenas metade das doses recebidas foi tomada por precaução. “Ainda não temos certeza de que receberemos a segunda dose em duas ou três semanas. E se de fato isso não ocorrer, perderíamos todo este primeiro lote. Neste sentido, a melhor medida a ser tomada no momento é garantir a imunidade de pelo menos 6.800 guarulhenses”, destacou.