Familiares de idosos emocionam-se vendo-os sendo vacinados

 

A possibilidade de vacinar os idosos acima de 85 anos tem tido significado de vitória para suas famílias; primeiro, por terem passado até o momento sem contágio com o novo coronavírus; segundo, porque, com a vacina, em alguns dias estarão imunizados contra a doença.

Na quarta-feira, em Guarulhos, um dos vacinados foi o lendário fotógrafo Massami Kishi, 91 anos, (foto em destaque), autor de fotografias que registraram importantes momentos da história da cidade. Ele é autor do livro “Guarulhos, século XX”, no qual reuniu os artigos semanais que foram publicados no Jornal Olho Vivo e que que focalizam muitos personagens guarulhenses, desde os que ocuparam importantes cargos públicos, quanto pessoas comuns da população que, de alguma forma, vivenciaram situações notórias ou bizarras.



Nesta quinta-feira, quem recebeu a vacina foi o professor Ary Baddini Tavares, que lecionou por muito tempo na FIG-Unimesp, foi diretor da Faculdade de Administração da FIG-Unimesp e assessor da Diretoria, função que ainda exerceu mesmo durante tratamento de saúde, só se afastando devido à pandemia. Ele também foi presidente da Academia Guarulhense de Letras, da qual é um dos fundadores. Sua esposa, a advogada Reny Simone Baddini, relatou que não conseguiu conter as lágrimas ao vê-lo sendo vacinado. “Ele estava ansioso pela vacina. Eu me acabei de chorar. Como disse o compositor Peninha, ‘quando a gente ama, é claro que a gente cuida'”, comentou.


Em Guarulhos, nesta sexta-feira continuará a vacinação de pessoas com 85 anos ou mais, tanto no drive-thru da avenida Paulo Faccini, em frente ao Bosque Maia, quanto no CEU Pimentas (estrada do Caminho Velho, 351). Em ambos os locais, o atendimento será feito mediante a distribuição de senhas, sem que a pessoa tenha de descer do carro, e também para quem chegar a pé.

Para vacinação, a Secretaria da Saúde recomenda que as pessoas apresentem CPF, cartão SUS, documento com foto e também um comprovante de residência, uma vez que a segunda dose da vacina será aplicada na Unidade Básica de Saúde (UBS) de Guarulhos mais próxima da residência do cidadão.

No momento, devido à falta de vacinas, foi interrompida a imunização dos profissionais que atuam na área da Saúde.