ENIAC promove lives com especialistas para mostrar caminhos do emprendedorismo

 

O ENIAC – instituição referência em inovação e tecnologia do ensino básico ao superior –, por meio do seu projeto Fábrica de Startups, disponibiliza ao público em geral uma série de lives com o objetivo de oferecer uma orientação prática e teórica a pessoas que enxergam no empreendedorismo um caminho para ter sucesso no mercado de trabalho.

A ação começou no último dia 28 de janeiro e ocorrerá sempre nas últimas sextas-feiras de cada mês. A estreia contou com as participações de professores, alunos, empresários, potenciais empreendedores e ex-alunos do ENIAC, como Matteo Ritacco, empresário na cidade e mentor da Fábrica de Startups, iniciativa feita em conjunto com o Centro de Inovação Tecnológica de Guarulhos (CITIG).

Na abertura, o vice-reitor do ENIAC, Pedro Guérios, falou sobre o cenário de um mercado de trabalho que busca por mão de obra “resolvedora de problemas”. “Na ‘trabalhabilidade’, as empresas cada vez mais procuram profissionais ‘fazedores’, com perfil empreendedor, que resolvam problemas”, afirmou.

“E na nossa missão de melhorar a vida das pessoas por meio da educação, a Fábrica de Startups busca mostrar um caminho para nossos alunos que têm esse perfil. Começar algo do zero é muito difícil. Por isso, além dos tutoriais e mentorias, nossos professores têm experiência além dos muros da academia. Desta forma, obviamente, também auxiliamos o mercado de trabalho com a formação profissional mais próxima da sua realidade”, aponta Pedro.

A próxima live da Fábrica de Startups será no dia 26 de fevereiro, a partir das 19h, e os interessados devem se inscrever gratuitamente NESTE LINK.

Etapas

A Fábrica e Startups do ENIAC conta com mentores e o processo de mentoria está dividido em três etapas: a modelagem do negócio, quando o aluno estabelece o problema real a ser resolvido pela startup; o planejamento, quando são feitos os protótipos e as estratégias de vendas; e o lançamento, quando se busca oportunidade de investimento e aceleração.

O diretor do CITIG, professor Sebastião Garcia Júnior, afirmou que o ENIAC possui uma estrutura bastante consistente para impulsionar as startups, com o intuito de que elas, em um futuro próximo, valham milhões de reais. “A primeira edição da nossa live foi um sucesso. Nossos painéis sempre vão reunir mentores e empresários bem-sucedidos, a fim de promover inovação e o crescimento de todos como sociedade em geral”, afirmou.