Comerciantes do Jardim São João protestam contra restrições

 

Comerciantes do Jardim São João promoveram manifestação nesta quinta-feira, na estrada de Nazaré, trecho próximo do Supermercado Barbosa, protestando contra restrições ao funcionamento dos estabelecimentos.

Nas falas, citavam a necessidade de manter os empregos de seus funcionários e de prover o sustento de suas famílias. Críticas foram feitas aos fiscais da Prefeitura, que têm multado comércios considerados não-essenciais abertos. “Não estamos aqui porque somos desocupados. Estamos aqui porque precisamos trabalhar. Cadê os fiscais, agora? Somos nós que pagamos seus salários”, frisou um dos líderes do movimento ao microfone. Outro afirmou que os comerciantes do bairro não aceitarão imposição de manter as portas fechadas: “Vamos lutar pela nossa liberdade”. A Polícia Militar esteve no local e propôs que mudassem o local para a avenida Riachuelo, para liberar o trânsito, o que não foi aceito. As críticas mais ácidas foram dirigidas ao governador João Dória. “Queremos trabalhar!”, gritavam em coro os manifestantes.

Foram também citados os vereadores e deputados eleitos com votos da cidade, os quais, no entendimento dos manifestantes, deveriam posicionar-se contra as restrições e em apoio ao funcionamento do comércio, desde que mantidos os protocolos sanitários. Caminhões que passavam buzinavam, em apoio à manifestação.

Assista:

Acesse o vídeo por este link