Escola Doutores da Alegria tem inscrições abertas para curso gratuito de formação básica de palhaço

 

A Escola Doutores da Alegria está com inscrições abertas para o processo seletivo do curso gratuito Formação Básica de Palhaço até o dia 16 de abril.

Voltada para artistas e estudantes de Artes Cênicas (teatro, dança, circo ou música) em nível técnico ou superior, a formação terá duração de seis meses: de 10 de maio a 13 dezembro de 2021, com intervalo de férias em julho.

As aulas serão presenciais, com estrutura adaptada para as medidas restritivas do Plano São Paulo de combate à pandemia da Covid-19, sempre às segundas e quartas-feiras, das 19h às 22h30. O local, na cidade de São Paulo, ainda será definido.

Há 25 vagas disponíveis. Deste total, 30% serão reservadas para autodeclarados negros, indígenas residentes no Brasil, pessoas com deficiência, pessoas com visto humanitário ou refugiados e pessoas travestis, transexuais ou transgêneros.

Pedagogicamente, o curso se estrutura entre experiências musicais, físicas e jogo de relações. Os estudantes também terão demanda de atividades extracurriculares como assistir palestras, filmes e realizar trabalhos e pesquisas, como construção de cenas.

O curso é parte integrante do projeto “Centro Cultural Doutores da Alegria – Plano Anual”, inscrito e aprovado pelo Programa de Ação Cultural – ProAc/ICMS.

Mais detalhes do processo seletivo

Estão aptos a participar da seleção artistas que buscam uma iniciação na linguagem do palhaço e estudantes de Artes Cênicas (teatro, dança, circo ou música) em nível técnico ou superior, maiores de 18 anos, estudando há pelo menos um ano.

Interessados devem enviar currículo, carta de apresentação/interesse e foto sem maquiagem para o e-mail cursos@doutoresdaalegria.org.br. Após a análise do material, um grupo de pré-selecionados participará da oficina artística que definirá a lista final. A divulgação dos selecionados será feita no dia 6 de maio, no site e nas redes sociais da associação.

Doutores da Alegria

Organização da sociedade civil sem fins lucrativos, introduziu a arte do palhaço no universo da saúde. Desde sua fundação por Wellington Nogueira, em 1991, intervém junto a crianças, adolescentes e outros públicos em situação de vulnerabilidade e risco social em hospitais públicos.

A associação transita pelos campos da saúde, da cultura e da assistência social e considera a cultura como um mínimo social a que todos têm direito.

Sem realizar intervenções artísticas presenciais nos hospitais desde março de 2020, em virtude da pandemia da Covid-19, Doutores da Alegria adaptou e transformou seus principais projetos para o formato online, garantindo assim a continuidade do trabalho, que é gratuito para os hospitais e mantido por doações de empresas e de pessoas – inclusive através da lei de incentivo à cultura.

A Escola Doutores da Alegria surgiu em 2007 como uma escola de arte, com pedagogia especializada no ensino da máscara do palhaço.  Desenvolve programas de formação para jovens aspirantes a palhaços, artistas e palhaços profissionais e um programa de cursos e oficinas dirigido a um público diversificado, que buscam novas experiências para além da aquisição da técnica, em que prepara para o jogo de forma autoral e crítica. No último ano, a Escola também adaptou parte de suas atividades para o ambiente virtual. 

Site oficial: www.doutoresdaalaegria.org.br