Em fevereiro foram gerados 129 mil empregos no Estado de São Paulo

 

De acordo com o Seade — Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados, com base no Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), divulgado pelo Ministério da Economia, foram criados no Estado de São Paulo, em fevereiro, 129 mil empregos formais. As 564 mil admissões superaram os 435 mil desligamentos, elevando para 12,4 milhões o contingente de empregos formais.

No acumulado do ano foram criados 204 mil empregos (1,7%), com o Estado de São Paulo respondendo por 31% do total dos empregos gerados no país (660 mil).

Houve aumento de postos em todas as atividades: 55 mil nos serviços (+0,9%), 31 mil na indústria (1,3%), 15 mil no comércio (+0,6%), 15 mil na agropecuária (+4,3%) e 13 mil na construção (+2,1%).

Em fevereiro, destacam-se os saldos positivos no Município de São Paulo – MSP, 49 mil, na região de Campinas, 24 mil, e nos demais municípios da Região Metropolitana de São Paulo (sem o MSP), 17 mil empregos.

O Seade – Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados –   é a agência paulista de estatísticas que há mais de 40 anos coleta, analisa e dissemina dados sobre o Estado de São Paulo.