Ensino superior tem 2,22% de instituições com nota máxima em avaliação do MEC

 

Das instituições de ensino superior avaliadas pelo Ministério da Educação (MEC), 2,2% obtiveram nota máxima no Índice Geral de Cursos (IGC) 2019, divulgado nesta sexta-feira (23).

Apesar da porcentagem baixa, houve uma leve melhora em relação à avaliação anterior, quando 2% das instituições garantiram a melhor nota.

O IGC é uma média ponderada da avaliação da graduação por meio do Conceito Preliminar de Curso (CPC) e dos cursos de pós-graduação (mestrado e doutorado). A escala vai de 1 a 5. Nela, 1 e 2 são avaliações consideradas insatisfatórias, 3 é regular, e 4 e 5 são satisfatórias.

Os índices determinam parâmetros para o MEC definir, por exemplo, a participação das instituições de ensino superior em programas do governo. Em caso de sucessivas notas insatisfatórias, pode haver sanções.

“Analisando proporcionalmente, os estados do Espírito Santo (9,2%), Rio de Janeiro (6,7%) e Rio Grande do Norte (4,2%) são os que apresentam maior número de instituições com faixa 5 no IGC”, afirma Luis Felipe Grochocki, diretor de avaliação da educação superior do Inep.

IGC 2019: percentual de instituições, por nota de 1 a 5Apenas 2,22% das instituições obtiveram nota máxima em avaliação do MEC0,290,2912,0812,0863,7763,7721,6421,642,222,2212345010203040506070Fonte: Inep

Segundo especialistas, a metodologia faz com que a maioria das instituições seja classificada como “regular”, porque é uma média de avaliação. Se todas forem “boas”, a média será “regular”. Só as excelentes vão ter nota máxima.

Assim, o IGC não determina a baixa qualidade das instituições, mas as classifica em relação às demais.

Para compor a média desta edição, foram consideradas 2.070 instituições de ensino superior; o CPC (notas de cursos) de 2017, 2018 e 2019 de 24.145 cursos; e 4.679 programas de mestrado e doutorado da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Universidades públicas lideram lista das melhores

Entre as 2.070 instituições analisadas, somente 46 tiveram nota máxima (5). Entre as instituições que se destacam, 28 são privadas (16 sem fins lucrativos e 12 com fins lucrativos) e 18 são públicas: 14 federais e 4 estaduais (três de SP e uma do Rio).

Na outra ponta, 256 tiveram notas entre 1 e 2. Entre elas, 232 são privadas e 12 são públicas municipais ou estaduais. Nenhuma universidade federal teve baixa avaliação.

Em números absolutos, a avaliação das instituições ficou assim:

  • Nota 1: 6
  • Nota 2: 250
  • Nota 3: 1.320
  • Nota 4: 448
  • Nota 5: 46

Confira abaixo a lista das melhores públicas e privadas:

Instituições públicas com nota máxima no MEC

UFInstituiçãoSiglaCategoria
BAUniversidade Federal do Sul da BahiaUFSBFederal
MGUniversidade Federal de ViçosaUFVFederal
MGUniversidade Federal de Minas GeraisUFMGFederal
MGUniversidade Federal de LavrasUFLAFederal
PRUniversidade Federal do ParanáUFPRFederal
RJUniversidade Federal do Rio de JaneiroUFRJFederal
RJInstituto Militar de engenhariaIMEFederal
RJUniversidade Estadual do Norte Fluminense darcy RibeiroUENFEstadual
RSUniversidade Federal do Rio Grande do SulUFRGSFederal
RSFundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto AlegreUFCSPAFederal
SCUniversidade Federal de Santa CatarinaUFSCFederal
SPUniversidade Federal de São CarlosUFSCARFederal
SPUniversidade Estadual de CampinasUNICAMPEstadual
SPUniversidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita FilhoUNESPEstadual
SPFaculdade de Medicina de São José do Rio PretoFAMERPEstadual
SPUniversidade Federal de São PauloUNIFESPFederal
SPInstituto Tecnológico de AeronáuticaITAFederal
SPFundação Universidade Federal do ABCUFABCFederal

Fonte: IGC 2019 / Inep / MEC

Instituições privadas com nota máxima no MEC

UFInstituiçãoSiglaCategoria
CEFaculdade Ari de SáFASCom fins lucrativos
ESFaculdade de Direito de VitóriaFDVCom fins lucrativos
ESFaculdade de Castelo – Multivix CasteloMultivix CasteloCom fins lucrativos
ESFaculdade do Espírito SantoUNESCom fins lucrativos
ESFaculdade FucapeFUCAPESem fins lucrativos
ESFaculdade São GeraldoFSGCom fins lucrativos
ESFaculdade Norte Capixaba de São MateusMULTIVIX SÃO MATEUSCom fins lucrativos
MAFaculdade de BalsasUNIBALSASCom fins lucrativos
MGFaculdade Jesuíta de Filosofia e TeologiaFAJESem fins lucrativos
MGInstituto Nacional de ensino Superior e Pós-Graduação Padre GervásioINAPÓSCom fins lucrativos
PECentro Universitário BrasileiroUNIBRACom fins lucrativos
PRFaculdade Cristã de CuritibaFCCSem fins lucrativos
RJEscola Brasileira de Administração Pública e de empresasEBAPESem fins lucrativos
RJEscola de Direito do Rio de JaneiroDIREITO RIOSem fins lucrativos
RJEscola Brasileira de Economia e FinançasEBEFSem fins lucrativos
RJEscola de Ciências SociaisSem fins lucrativos
RJEscola de Matemática AplicadaEMAp-FGVSem fins lucrativos
RNFaculdade Católica do Rio Grande do NorteSem fins lucrativos
RSFaculdades ESTESTSem fins lucrativos
SPEscola de Administração de empresas de São PauloFGV-EAESPSem fins lucrativos
SPFaculdade de Ciências Médicas da Santa Casa São PauloFCMSCSPSem fins lucrativos
SPFaculdade Escola Paulista de DireitoFACEPDCom fins lucrativos
SPEscola de Direito de São Paulo – FGV Direito SPFGV DIREITO SPSem fins lucrativos
SPEscola de Economia de São PauloEESPSem fins lucrativos
SPFaculdade São Leopoldo MandicCom fins lucrativos
SPFaculdade de Teologia de São Paulo da Igreja Presbiteriana Independente do BrasilSem fins lucrativos
SPFaculdade de Tecnologia Saint PaulCom fins lucrativos
SPFaculdade FIPECAFIFIPECAFISem fins lucrativos

Fonte: IGC 2019/Inep/MEC