Acordo que suspendeu aulas presenciais não abrange escolas particulares

 

TEXTO EDITADO ÀS 23H DESTA QUINTA-FEIRA: LEIA AO FINAL MANIFESTAÇÃO DA SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO E DA ASSOCIAÇÃO DAS ESCOLAS DE GUARULHOS, AMBAS AFIRMANDO QUE AS AULAS PRESENCIAIS CONTINUARÃO


Em audiência judicial realizada na quarta-feira, 28/04, na 1a. Vara da Fazenda Pública de Guarulhos, o juiz Rodrigo Tellini de Aguirre Camargo acolheu duas ações cíveis, impetradas pela Apeoesp e pelo Sinpro Guarulhos, em defesa da suspensão das aulas presenciais na cidade, devido ao quadro ainda muito preocupante da pandemia.

Informações foram divulgadas pela Apeoesp são de que o juiz apresentou, em caráter de acordo, as medidas abaixo, o que teria sido acatado pelas Secretarias da Educação e da Saúde do município:

“a rede de ensino público estadual (município de Guarulhos) e a rede de ensino privado municipal permanecerão com ensino integralmente remoto até o dia 30/05/21”.
A princípio, o retorno das aulas presenciais fica agendado para o dia 31/05/2021 , devendo ocorrer com os profissionais da educação imunizados com a vacina contra Covid-19.

“Nova audiência para o dia 26/05/2021, com o objetivo de avaliar e analisar a situação da pandemia e demais questões que envolvam a crise sanitária que estamos passando”.

Da decisão, cabe recurso da Secretaria estadual da Educação, no caso da rede pública estadual, o que certamente ocorrerá, e do Sindicato das escolas particulares, cujas aulas presenciais já estão em pleno andamento.

Manifestação da Secretaria Estadual da Educação e da AEG Associação das Escolas Particulares de Guarulhos

https://www.clickguarulhos.com.br/2021/04/29/estado-e-escolas-particulares-afirmam-que-aulas-presenciais-continuarao-nas-municipais-estarao-suspensas-ate-30-de-maio/