quinta-feira, 24 de junho de 2021
InícioDESTAQUECom estabilização dos casos de covid-19, SP flexibiliza quarentena

Com estabilização dos casos de covid-19, SP flexibiliza quarentena

O governo de São Paulo flexibilizou hoje (7) a quarentena contra o novo coronavírus no estado, estendendo o horário de funcionamento das atividades econômicas. A partir de amanhã (8) o comércio, restaurantes, bares e atividades culturais podem funcionar até as 21h, não somente até as 20h, como estava em vigor. A ocupação dos estabelecimentos pode chegar a 30% da capacidade, acima dos 25% que estavam permitidos.

As medidas são alterações da chamada fase de transição do plano do governo estadual de quarentena, adotada há três semanas, e não uma evolução para as etapas menos restritivas – laranja, amarela e verde. A previsão é que as novas restrições fiquem em vigor por duas semanas.

Segundo o governador de São Paulo, João Doria, a flexibilização foi possível devido a estabilização da pandemia nas últimas semanas. “Houve uma queda acentuada dos números de internações e óbitos. Os índices que medem a epidemia estabilizaram, porém em um patamar ainda elevado”, justificou durante o anúncio.

O coordenador executivo do centro de contingência da covid-19, João Gabbardo, destacou que com o novo patamar diário de novas internações, hospitais privados e filantrópicos puderam destinar os leitos reservados aos pacientes com o novo coronavírus para outras especialidades. Assim, apesar da ocupação de leitos ainda ser de 78%, na prática, ela é mais baixa em relação a capacidade total do sistema de saúde.

Em relação a capacidade máxima, Gabbardo disse que a taxa de ocupação de leitos está em 70%, ficando em 62% na Grande São Paulo. “Isso nos dá segurança e tranquilidade para que a gente possa avançar gradualmente, lentamente”, explicou.

Mortes e internações

Apesar da melhora nos indicadores, o estado de São Paulo se aproxima da marca dos 100 mil mortos pela covid-19. Segundo o balanço apresentado hoje, 99.989 pessoas foram vitimadas pela doença. Atualmente, 10 mil pessoas estão em unidades de terapia intensiva devido a doença e 11,2 mil internadas em leitos de enfermaria.

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

SIGA/CURTA

28,891FãsCurtir
1,510SeguidoresSeguir
1,372SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever

VEJA TAMBÉM

Transporte público de Guarulhos pode ter greve nesta segunda

Embora não tenha respondido pedido de informações enviado pelo Click Guarulhos, nem tenha explicitado em suas redes sociais, o Sincoverg - Sindicato dos Condutores...

ACE-Guarulhos promove live com Guilherme Afif, assessor do Ministério da Economia

A Associação Comercial e Empresarial de Guarulhos (ACE-Guarulhos) vai promover uma live com o assessor do Ministério da Economia, Guilherme Afif Domingos, na próxima...

Relator da CPI torna Queiroga, Pazuello e Ernesto Araújo investigados; veja os 14 nomes

O relator da CPI da Covid, senador Renan Calheiros (MDB-AL), anunciou nesta sexta-feira (18) uma lista de 14 pessoas que passarão à condição de investigados pela...

Guarulhos sanciona lei que autoriza a criação de loteria municipal

A Prefeitura de Guarulhos publicou no Diário Oficial desta terça-feira (22) a lei 7.912/2021, que dispõe sobre a criação de uma loteria municipal. A iniciativa,...

Operação Cata-Treco atende três bairros neste final de semana

Os caminhões da operação Cata-Treco da Prefeitura de Guarulhos percorrerão as ruas do Parque Jurema, do Parque Estela e do Jardim Carvalho neste sábado e domingo (dias 26...