segunda-feira, 18 outubro 2021
- PUBLICIDADE -
InícioPOLÍTICALula amplia vantagem sobre Bolsonaro e, no 2º turno, tem 58% contra...

Lula amplia vantagem sobre Bolsonaro e, no 2º turno, tem 58% contra 31%, aponta Datafolha

Uma pesquisa do instituto Datafolha divulgada nesta sexta-feira (9) pelo site do jornal “Folha de S.Paulo” revela os índices de intenção de voto para a eleição presidencial de 2022. Lula ampliou a vantagem sobre Bolsonaro. Na pesquisa espontânea, passou de 21% para 26%, enquanto Bolsonaro foi de 17% para 19%. No segundo turno, o ex-presidente tem 58% contra 31%. Na pesquisa anterior, tinha 55% contra 32%.

A pesquisa ouviu 2.074 pessoas nos dias 7 e 8 de julho em 146 cidades brasileiras. Foram entrevistadas pessoas acima de 16 anos. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos, dentro do nível de confiança de 95%.

Foram pesquisados dois cenários, um com o governador de São Paulo, João Doria, como possível candidato do PSDB e outro com o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, como o escolhido.

Veja o resultado da pesquisa estimulada de intenção de voto no 1º turno:

CENÁRIO A

  • Lula (PT): 46%
  • Jair Bolsonaro (sem partido): 25%
  • Ciro Gomes (PDT): 8%
  • João Doria (PSDB): 5%
  • Luiz Henrique Mandetta (DEM): 4%
  • Em branco/nulo/nenhum: 10%
  • Não sabe: 2%

CENÁRIO B

  • Lula (PT): 46%
  • Jair Bolsonaro (sem partido): 25%
  • Ciro Gomes (PDT): 9%
  • Luiz Henrique Mandetta (DEM): 5%
  • Eduardo Leite (PSDB): 3%
  • Em branco/nulo/nenhum: 10%
  • Não sabe: 2%

No levantamento anterior, divulgado em maio, Lula tinha 41%; Bolsonaro, 23%; Moro, 7%; e Ciro, 6%. Luciano Huck (sem partido) aparecia com 4%, Doria com 3%, Mandetta com 3% e João Amoêdo (Novo) com 2%.

Esta é a segunda pesquisa Datafolha para as eleições de 2022 desde que Lula recuperou os poderes políticos.

Pesquisa espontânea de intenções de voto no 1º turno

  • Lula (PT): 26%
  • Jair Bolsonaro (sem partido): 19%
  • Ciro Gomes (PDT): 2%
  • Outros: 2%
  • Em branco/nulo/nenhum: 7%
  • Não sabe: 42%

Veja, abaixo, simulações de 2º turno:

Intenção de voto no 2º turno em uma disputa entre Lula e Bolsonaro

  • Lula (PT): 58%
  • Bolsonaro (sem partido): 31%
  • Em branco/nulo/nenhum: 10%
  • Não sabe: 1%

Intenção de voto no 2º turno em uma disputa entre Lula e Doria

  • Lula (PT): 56%
  • Doria (PSDB): 22%
  • Em branco/nulo/nenhum: 20%
  • Não sabe: 1%

Intenção de voto no 2º turno em uma disputa entre Bolsonaro e Ciro

  • Ciro (PDT): 50%
  • Bolsonaro (sem partido): 34%
  • Em branco/nulo/nenhum: 15%
  • Não sabe: 1%

Intenção de voto no 2º turno em uma disputa entre Bolsonaro e Doria

  • Doria (PSDB): 46%
  • Bolsonaro (sem partido): 35%
  • Em branco/nulo/nenhum: 18%
  • Não sabe: 1%

A pesquisa também apontou os índices de rejeição. Veja abaixo:

Índice de rejeição

  • Bolsonaro: 59%
  • Lula: 37%
  • Doria: 37%
  • Ciro: 31%
  • Mandetta: 23%
  • Eduardo Leite: 21%
  • Rejeita todos/não votaria em nenhum: 2%
  • Votaria em qualquer um/não rejeita nenhum: 2%
  • Não sabe: 1%

Nesse ponto, o entrevistado pode responder mais de um candidato, por isso a soma entre todos os índices não resulta em 100%. A pergunta do instituto é: “Em quais desses possíveis candidatos (o cartão é mostrado) você não votaria de jeito nenhum no primeiro turno da eleição para presidente da República em 2022? E qual mais?”

Entre aqueles que votaram em Bolsonaro em 2018, 26% dizem rejeitar seu nome para a disputa presidencial de 2022, e 68% não votariam de jeito nenhum em Lula.

Pesquisa por escolaridade, renda, região, cor e religião

Segundo o Datafolha, a preferência pelo petista fica acima da média entre brasileiros com escolaridade fundamental (56%), na parcela dos mais pobres, com renda familiar de até 2 salários (57%), na região Nordeste (64%), entre pretos (57%) e pardos (50%), no segmento dos católicos (51%) e entre desempregados que buscam emprego (64%).

De acordo com a pesquisa do instituto, Bolsonaro diminui a desvantagem geral de 21 pontos para o petista na parcela de homens (43% para Lula e 31% para Bolsonaro, ante 48% a 20% no universo de mulheres), na faixa de 60 anos ou mais (42% a 28%), na fatia dos mais escolarizados (34% a 28%), nas regiões Sul (35% a 30%) e Centro-Oeste/Norte (41% a 35%) e entre brancos (34% a 30%). Entre os mais ricos, Bolsonaro fica à frente do ex-presidente: 41% a 21% entre quem tem renda familiar de 5 a 10 salários, e 36% a 22% na faixa de renda familiar acima de 10 salários. No segmento de empresários, o atual presidente também lidera, com 52% das intenções de voto, contra 25% do petista. No segmento evangélico, há um empate estreito entre Lula (37%) e Bolsonaro (38%).

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

SIGA/CURTA

28,891FãsCurtir
1,510SeguidoresSeguir
1,473SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever

VEJA TAMBÉM

Guarulhos planeja retomada de blitz integrada entre forças de segurança do município

A Prefeitura de Guarulhos realizou nesta quarta-feira (13) reunião com as forças de segurança do município para planejar a retomada da blitz integrada que...

SP lidera dados de trabalho infantil; evasão escolar é consequência

O estado e a cidade de São Paulo lideraram os índices de trabalho infantil do país na última década, segundo dados do Smartlab, plataforma...

Consumidores devem resgatar créditos da Nota Fiscal Paulista que completam mais de um ano...

A partir do próximo domingo (17) vão expirar os créditos da Nota Fiscal Paulista (https://portal.fazenda.sp.gov.br/servicos/nfp) que foram liberados há mais de 12 meses pela...

UBSs abrem hoje para a vacinação contra a Covid-19; Faltosos e aptos para a...

Guarulhos tem registrado um alto número de faltosos da segunda dose contra a Covid-19. Nesta segunda-feira (11), véspera de feriado, faltosos e aptos para a segunda dose terão a oportunidade...

TSE volta a condenar ex-governador do Rio por abuso de poder

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou hoje (14), por 6 votos a 1, mais uma condenação de Luiz Fernando Pezão, ex-governador do...